PUBLICIDADE
Topo

Rodrigo Mattos

Ainda sem Globo, CBF não sabe quem transmitirá jogo da seleção com Uruguai

Neymar em ação com a camisa da seleção brasileira nas Eliminatórias da Copa de 2022 - Paolo Aguilar/Pool via REUTERS
Neymar em ação com a camisa da seleção brasileira nas Eliminatórias da Copa de 2022 Imagem: Paolo Aguilar/Pool via REUTERS
Rodrigo Mattos

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de ?O Estado de S. Paulo? em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

05/11/2020 03h59

A quase duas semanas do jogo com o Uruguai, pelas eliminatórias, a CBF ainda não sabe quem transmitirá o jogo da seleção no exterior. Havia um otimismo na entidade de um acerto da Globo com a dona dos direitos da partida, Mediapro, mas a negociação não andou. Por enquanto, só há a certeza de que a confederação não quer repartir o esquema do jogo com o Peru de ceder jogo à TV Brasil.

Cada federação nacional passou a ter os direitos de TV sobre seus jogos em casa nestas eliminatórias. Com isso, a Globo comprou os direitos dos jogos em casa da seleção e partida fora contra a Argentina.

Só que houve um impasse entre a emissora e a Mediapro sobre a aquisição dos direitos dos outros oito jogos. A empresa queria US$ 2,5 milhão por jogo, valor pago pela Globo à CBF. A emissora não topou.

Com isso, a CBF teve de comprar os direitos do primeiro jogo diante do Peru para repassar à TV Brasil. Mas a entidade já fechou questão que não repetirá a operação. O problema é que passou a ficar pessimista com um acordo entre a Globo e a Mediapro que continua travado. Antes, acreditava que havia um avanço nas negociações.

Na última partida, houve interesse do SBT e da Band, mas ambos também não fecharam acordos com a Mediapro. Diante desse cenário, mais uma vez, o jogo da seleção se torna um imbróglio para TV ABerta. Por enquanto, só está garantido no canal fechado EI Plus, da Turner.

Rodrigo Mattos