PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Marcel Rizzo


Fifa discute dia 25 mudar calendário de seleções e adiar Mundial de Clubes

Fifa terá reunião virtual dos membros de seu Conselho na próxima semana - Arnd Wiegmann
Fifa terá reunião virtual dos membros de seu Conselho na próxima semana Imagem: Arnd Wiegmann
Marcel Rizzo

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Colunista do UOL

15/06/2020 14h52

A cúpula da Fifa vai discutir no dia 25 de junho o calendário do futebol e pode, por exemplo, anunciar o cancelamento de suas datas-Fifa em 2020 e o adiamento do Mundial de Clubes, marcado para dezembro no Qatar.

O Conselho se reúne virtualmente daqui a dez dias, em sua primeira reunião do ano — a primeira, marcada para março em Assunção, foi cancelada por causa da pandemia do novo coronavírus. O encontro será importante porque também debaterá as contas da entidade, números que serão revelados em setembro durante o Congresso virtual, e também será escolhida a sede da Copa do Mundo feminina de 2023 — o Brasil desistiu na semana passada dessa disputa.

Como o blog mostrou na semana passada, a Fifa avalia cancelar as datas-Fifa, aquele período em que há jogos entre seleções, do restante do ano. São três, uma entre agosto e setembro, outra em outubro e a última em novembro.

Isso faria com que a seleção brasileira não entrasse em campo em 2020, já que as data-Fifas de março, que marcaria o início das Eliminatórias da América do Sul para a Copa de 2022 no Qatar, e de junho já foram canceladas.

Como debaterá calendário, há expectativa entre membros do Conselho de que a secretaria-geral coloque em pauta o Mundial de Clubes de dezembro. Como mostramos em abril, a incerteza de que campeonatos como a Libertadores terminarão até novembro faz a Fifa estuda adiar para dezembro de 2021 o torneio ainda com sete participantes marcado para dezembro no Qatar. As confederações pediram para a Fifa não adiar a competição, ou esperar ao máximo para fazer isso, mas o tempo está encurtando e é preciso dar resposta aos patrocinadores.

A entidade já adiou, sem data, o Mundial em novo formato, com 24 times, que estava agendado entre junho e julho de 2021 na China. Esse período será usado para a realização da Eurocopa e da Copa América, que seriam 2020 e também acabaram postergados por causa da Covid-19. Isso tudo será discutido entre os 37 membros do Conselho, que inclui o brasileiro Fernando Sarney.

A ideia da Fifa é apresentar o calendário modificado até 2024, com novas datas-Fifa e períodos dos torneios adiados. Por enquanto, a ideia é não alterar nada da Copa do Mundo do Qatar, marcada de 21 de novembro a 18 de dezembro de 2022. Também não há planos de modificar o mês marcado para sorteio dos grupos da Copa, agendado para abril de 2022.

Para ajustar as Eliminatórias em menos datas-Fifa, a federação internacional pode modificar momentaneamente suas regras, como liberar mais de duas partidas por janela ou aumentar de nove para 12 dias esse período de confrontos entre seleções.

Marcel Rizzo