PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jornais espanhóis criticam derrota do Real Madrid, mas poupam Vinícius Jr

Do UOL, em São Paulo

12/12/2018 18h39

A imprensa espanhola não aliviou nas críticas ao Real Madrid diante da derrota em casa por 3 a 0 para o CSKA Moscou nesta quarta-feira (12), pela sexta rodada do Grupo G da Liga dos Campeões da Europa 2018/2019.

Apesar do resultado, o Real passou às oitavas de final como líder da chave na Champions, somando 12 pontos. Foram quatro vitórias e duas derrotas - ambas para o CSKA. O time russo, por sua vez, somou sete pontos e ficou na quarta colocação, fora inclusive da Liga Europa 2018/2019.

A versão digital do jornal AS dava destaque ao que chamou de "um borrão para a história". Ainda assim, deu destaque a poucos jogadores - entre eles, o brasileiro Vinícius Júnior, que fez seu primeiro jogo como titular da equipe pela Liga dos Campeões.

"Apenas Vinícius e Asensio se salvaram da pior derrota (em casa) de todos os tempos na competição. O CSKA não se classificou à Liga Europa. Isco foi vaiado e Bale saiu lesionado", descreveu a publicação.

Também em Madri, o jornal Marca publicou em seu site que a apresentação foi "indigna de um campeão". "O Real Madrid encerrou a fase de grupos da pior maneira", noticiou a publicação, afirmando que "o (atual) campeão da Champions não pode se permitir uma imagem péssima" com a do jogo desta quarta-feira.

O jornal ABC adotou discurso semelhante ao do AS: "O Real Madrid sofre sua pior derrota como mandante na Liga dos Campeões". A publicação lembra que o time já estava classificado para as oitavas como líder de seu grupo, "mas ninguém esperava uma derrota como a sofrida diante do CSKA no estádio Santiago Bernabéu".

"Espetáculo dantesco"

Na Catalunha, como era esperado, os jornais fizeram duras críticas à atuação do Real Madrid.

"Os blancos renunciaram a suas funções durante 90 minutos diante de um rival que os superou em tudo", descreve o jornal Sport. "O estádio do Real Madrid assistiu perplexo a um espetáculo dantesco de sua equipe, uma piada de mau gosto."

O diário Mundo Deportivo, por sua vez, destacou a insatisfação da torcida: "A torcida branca despejou suas vaias pela fragilidade defensiva", descreveu, indo além e também poupando o ex-flamenguista.

"Os que corresponderam foram Marco Asensio e, sobretudo, Vinícius. O primeiro não parou de correr e criou sempre perigo, enquanto o segundo mostrou suas habilidades no um contra um, levantando a torcida em mais de uma ocasião com suas jogadas", descreveu.

Esporte