PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Árbitro de vídeo não é usado em estreia, e River bate Lanús em 1ª semifinal

River Plate saiu na frente na semifinal da Libertadores - Eitan Abramovich/AFP
River Plate saiu na frente na semifinal da Libertadores Imagem: Eitan Abramovich/AFP

Do UOL, em São Paulo

24/10/2017 22h08

A estreia do árbitro de vídeo na Copa Libertadores foi sem incidentes. A tecnologia foi disponibilizada para uso pela primeira vez na história do torneio nesta terça-feira (24), na vitória do River Plate por 1 a 0 sobre o Lanús, no jogo de ida da semifinal, mas acabou não sendo acionada.

O árbitro de vídeo estreante foi o brasileiro Sandro Meira Ricci. Em sua cabine, ele não foi chamado em momento algum pelo compatriota Wilton Pereira Sampaio, que apitou uma partida tranquila no gramado, sem lances polêmicos ou confusões entre os jogadores.

Aproveitando o embalo da torcida, o River Plate ditou o ritmo do jogo no Monumental de Núñez. Com a bola no chão, a equipe treinada por Marcelo Gallardo girava o jogo no campo de ataque, buscando espaços na bem postada defesa do Lanús. O time visitante, por sua vez, tentou estocadas no contra-ataque, mas sem sucesso.

Depois de tanto insistir, o River conseguiu o gol da vitória aos 36 minutos do segundo tempo, quando Martínez chutou cruzado, Andrada rebateu e Scocco aproveitou o rebote para mandar para o fundo do gol.

O jogo de volta será na próxima terça-feira (31), em La Fortaleza, casa do Lanús, nos arredores de Buenos Aires. Do outro lado da chave, Grêmio e Barcelona-EQU duelam por uma vaga na final - a partida de ida acontece nesta quarta (25), em Guayaquil, no Equador.

Futebol