PUBLICIDADE
Topo

Saque e Voleio

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Após altos e baixos, Nadal despacha Sinner e vai às quartas em Paris

Getty Images
Imagem: Getty Images
Alexandre Cossenza

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais. Contato: ac@cossenza.org

Colunista do UOL

07/06/2021 14h45

Não foi uma atuação espetacular de Rafael Nadal nesta segunda-feira, na Quadra Philippe Chatrier. Diante do italiano Jannik Sinner, 19 anos e #19 do mundo, o Rei do Saibro cometeu sete duplas faltas, teve seu serviço quebrado quatro vezes e somou 30 erros não forçados em três sets. Ainda assim, mesmo entre altos e baixos, Rafa foi muito superior ao rival nos momentos importantes dos dois primeiros sets. Na terceira parcial, finalmente, mostrou um grande tênis do começo ao fim para avançar às quartas de final de Roland Garros sem perder sets. O placar final registrou 7/5, 6/3 e 6/0.

Com o resultado, Nadal segue em busca de seu 14º título do torneio, que seria também seu 21º em um slam. O próximo obstáculo em seu caminho será o argentino Diego Schwartzman (#10), que vem de vitória sobre o alemão Jan-Lennard Struff por 7/6(9), 6/4 e 7/5.

Rafa repetirá, assim, uma parte de sua campanha em Roland Garros no ano passado, quando encarou Sinner nas quartas e Schwartzman na semi. Desta vez, italiano e argentino apareceram uma rodada antes, e Nadal pode ainda enfrentar Novak Djokovic, vice-campeão em 2020, nas semifinais do torneio parisiense deste ano.

Como aconteceu

O primeiro set foi instável, com os dois tenistas oscilando. Nadal abriu 2/0, mas seu saque e seu forehand desapareceram por alguns minutos, e foi o bastante para Sinner virar o placar. A primeira quebra do italiano veio depois de uma dupla falta e três erros não forçados do espanhol. A segunda, com duas duplas faltas e um erro de Rafa. Sinner venceu quatro games seguidos e, pouco depois, sacou para o set. Foi a vez de o italiano errar tudo. Com 5/4 no placar, anotou três erros não forçados e uma dupla falta no break point. Mais tarde, sacando em 5/6 e com Rafa jogando melhor, Sinner cometeu mais dois erros e viu o espanhol vencer a parcial por 7/5.

O momento do jogo mudou completamente. Ao ver o momento ruim do rival, Nadal fez o que faz de melhor: tomou as rédeas do jogo, reduzindo seus erros e fazendo Sinner correr de um lado para o outro da quadra sempre que possível. O italiano tentava agredir, mas seguia cometendo erros e logo viu Rafa abrir 4/0 na parcial. O Rei do Saibro venceu oito games seguidos, abriu 4/0 no segundo set, e só voltou a perder um game quando vacilou com seu serviço e cometeu uma dupla falta em um break point. Em outro momento ruim, Rafa teve o saque quebrado novamente no sétimo game, dando a Sinner a chance de empatar o set. Na reta final da parcial, contudo, Nadal quebrou o italiano com dois winners no oitavo game e, na sequência, confirmou o serviço para fazer 6/3.

Depois disso, Sinner não mostrou mais capacidade de reação, enquanto Nadal voltou a assumir o controle do jogo. Desta vez, sem dar brechas e disparando no placar até selar sua vaga nas quartas.

.

Quer saber mais? Conheça o programa de financiamento coletivo do Saque e Voleio e torne-se um apoiador. Com pelo menos R$ 15 mensais, apoiadores têm acesso a conteúdo exclusivo (newsletter, podcast e Saque e Voleio TV), lives restritas a apoiadores, além de ingresso em grupo de bate-papo no Telegram, participação no Circuito dos Palpitões e promoções imperdíveis.

Acompanhe o Saque e Voleio no Twitter, no Facebook e no Instagram.