Milton Neves

Milton Neves

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Opinião

Não foi só o Santos: Ednaldo Rodrigues também caiu!

Ednaldo Rodrigues, pelo menos no momento, não é mais presidente da Confederação Brasileira de Futebol. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro invalidou, nesta quinta-feira (7), uma série de assembleias da entidade, inclusive a que colocou Ednaldo no cargo máximo do futebol brasileiro. Cabe recurso.

Ainda de acordo com a decisão, tomada pela 21 Câmara de Direito Privado, José Perdiz, presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, deve assumir como mandatário da CBF provisoriamente. Ele tem a missão de convocar novas eleições em até 30 dias.

O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado pelo próprio Ednaldo em 2022, foi considerado inválido pelos desembargadores. Os magistrados entenderam que o Ministério Público do Rio de Janeiro não tinha legitimidade para costurar o documento com a CBF.

Ednaldo Rodrigues Gomes nasceu em 27 de janeiro de 1954, em Vitória da Conquista-BA. Ednaldo já tinha comandado a CBF interinamente em 2021, sendo eleito para o cargo na votação em questão, em 2022.

____________________________________________________________________________________________________

Vejam só, amigos, não foi só o Santos que caiu nessa semana (risos).

E agora vêm as questões:

Será que, se Ednaldo não voltar, Ancelotti ainda chegará para a nossa seleção ano que vem?

E o Flu, vai perder a vaga no Mundial?

Continua após a publicidade

Opine!

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes