PUBLICIDADE
Topo

Futebol pelo mundo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Em choque com Mbappé, Neymar tem apoio do vestiário, torcida e até da mídia

João Henrique Marques

Jornalista desde 2005, passou por Lance ! e Terra. É correspondente do UOL Esporte na Europa desde 2013, com base em Barcelona e depois Paris. Cobriu Copa do Mundo, Eurocopa e cinco finais de Liga dos Campeões.

Colunista do UOL

27/09/2021 04h00

Kylian Mbappé está sem apoio no Paris Saint-Germain após comentar que Neymar não lhe passa a bola. A crítica do francês exibida na transmissão da vitória por 2 a 0 do PSG sobre o Montpellier, no sábado, no Parque dos Príncipes, foi reprovada não só internamente, como também pelas torcidas organizadas do time e pela mídia francesa.

O francês foi flagrado pelas câmeras do "Canal+" conversando com o volante Idrissa Gueye pouco após ser substituído nos minutos finais xingando Neymar, reclamando: "Ele não passa para mim".

No PSG, Neymar tem hoje apoio da maior parte do vestiário. Uma visão que tem tomado conta do elenco é de que Mbappé tem se preocupado com suas estatísticas pessoais e está frustrado após passar o quarto jogo seguido sem fazer gol, sendo essa sua pior sequência do ano. Isso depois de ver sua almejada transferência para o Real Madrid bloqueada pelo clube parisiense.

A avaliação geral no PSG é de que a raiva de Mbappé com Neymar foi pontual. A falta de troca de passes entre os jogadores jamais foi notada, sendo o brasileiro apontado como o responsável por grande parte das oportunidades de gols de Mbappé durante os jogos.

Imprensa francesa defende Neymar

Contra o Montpellier, o jornal esportivo francês L'Equipe criticou a dupla Neymar e Mbappé por "não conseguir se combinar" e "se atropelar" no decorrer da partida. No entanto, o comportamento do Francês teve a avaliação de que a atitude de Mbappe foi um chilique sem sentido: "Se tem um jogador de que Mbappé não pode reclamar no PSG, é o Neymar".

Já o jornal Le Parisien também chamou a atenção para o histórico de Neymar ao lado de Mbappé. "Se o Mbappé se frusta por não fazer gols também é por perder muitas chances criadas pelo Neymar. É uma crítica desmedida", avalia o jornal.

No programa de televisão "Telefoot" exibido neste domingo, Bixente Lizarazu, comentarista e ex-jogador da seleção francesa, criticou Mbappé: "Não vejo a mesma fluidez de jogo entre ele e o Neymar, sim. E claro que a conexão do Neymar com o Messi é maior. Mas o Mbappé entre todos é o único que não parece fazer questão de jogar para o time".

Torcida também está ao lado de Neymar

O esforço feito por Mbappé para ir ao Real Madrid ainda não foi ignorado pela torcida organizada do PSG. O jogador segue sendo vaiado no Parque dos Príncipes enquanto Neymar tem a imagem atual de um dos maiores ídolos do time.

No domingo, posicionamentos de organizadas foram feitos reprovando o gesto de irritação de Mbappé com Neymar.

"É normal a irritação de um jogador competidor. Mas por outro lado, já faz dois anos que nosso clube quer estender o seu contrato e você fica no silêncio. Neymar estendeu e você não. Mais de um ano fugindo do assunto. Agora é a hora de assumir suas "responsabilidades", publicou a "La Source Parisienne", um grupo de torcedores com influência no clube.

"Não é hora de aguentar seus chiliques, Mbappé. Olhe para o PSG e o nosso desafio que vem à frente. Simplesmente pare de perturbar o ambiente", destacou o "Collective Ultra do PSG".