PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Seleção deixa vaga de Danilo livre porque pensa em improvisar na direita

Eder Militão, antes da final da Liga dos Campeões - Marc Atkins/Getty Images
Eder Militão, antes da final da Liga dos Campeões Imagem: Marc Atkins/Getty Images
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

04/06/2022 12h00

Quando Danilo, da Juventus, foi cortado da seleção para os amistosos na Ásia, a expectativa era que Tite escolhesse um outro atleta para o seu lugar. A comissão, no entanto, preferiu não chamar ninguém porque tem outros planos para a lateral direita.

A ideia é testar Éder Militão ou Fabinho no setor dependendo da ocasião. Os dois já fizeram essa função em determinados momentos da carreira, inclusive no Real Madrid e no Liverpool, onde estão atuando no momento.

Um ensaio foi, inclusive, praticado hoje em Tóquio, no primeiro treino da seleção no Japão antes de enfrentar os donos da casa, às 7h20 (de Brasília) da próxima segunda-feira.

A formação só não foi trabalhada mais vezes porque Militão e Fabinho se apresentaram com atraso em relação a seus colegas. Os dois estavam na final da Liga dos Campeões, e o zagueiro ainda teve problema no seu teste de PCR, o que atrasou em um dia extra a sua chegada.

No momento, Danilo é a primeira opção para o setor, com Daniel Alves sendo a sua sombra. Emerson Royal chegou a ser convocado, mas a expulsão no jogo contra o Equador com dois erros individuais graves comprometeu a sua avaliação.

Contra a Coreia do Sul, uma equipe que é rápida, mas está longe de ser das mais técnicas, Daniel Alves sofreu bastante com as investidas nas suas costas.

É importante lembrar que a seleção brasileira não tem o dia a dia de treinamentos de um clube e precisa aproveitar datas como essa para fazer seus treinos já de olho na Copa do Mundo, ainda mais para essa edição no Qatar onde a preparação pode ter apenas 10 dias.

Siga também as opiniões de Danilo Lavieri no Twitter, no Instagram e no TikTok