PUBLICIDADE
Topo

Sem lutar na pandemia, medalhista olímpico vira entregador de pizza

Esquiva Falcão e a mulher vendem pizza no Espírito Santo - Reprodução
Esquiva Falcão e a mulher vendem pizza no Espírito Santo Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

23/05/2020 18h43

O boxeador Esquiva Falcão, medalhista de prata na Olimpíada de Londres-2012, está celebrando o sucesso de seu novo negócio, criado para driblar a crise econômica do novo coronavírus. Sem poder lutar, o atleta resolveu entregar minipizzas feitas por sua esposa, em Vila Velha, no Espírito Santo.

"Vários pedidos. Obrigado galera. Agora é juntar dinheiro para comprar uma máquina para deixar a massa pronta, porque ela está fazendo eu beijar a lona", escreveu o boxeador em seu perfil no Instagram.

Dono de um cartel invicto com 26 lutas e 26 vitórias no boxe, Esquiva viu seus rendimentos diminuírem com a impossibilidade de fazer lutas. Seu último combate foi no dia 1º de março, uma vitória sobre o argentino Jorge Miranda. Ele e sua mulher então resolveram apostar no delivery de pizzas para repor a renda comprometida.

"Vou entregar a minipizza na sua casa e bater uma foto com você", prometeu o lutador ao fazer propaganda do negócio. Cada unidade da pizza é vendida por R$ 3,50. A entrega é feita na região de Vila Velha.

Esquiva - Reprodução/Twitter - Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

O negócio parece fazer sucesso depois de divulgado nas redes sociais. O ex-boxeador Popó e o lutador de MMA José Aldo foram alguns dos famosos que curtiram a publicação de Esquiva. Em um vídeo publicado nos stories, o atleta aparece entregando os lanches em um prédio.

Em março, o brasileiro já havia chamado atenção por colocar à venda a medalha de prata conquistada em Londres por R$ 50 mil.

O capixaba foi vice-campeão olímpico depois de perder a luta final da categoria até 75 kg para o japonês Ryoto Murata. Foi o melhor resultado olímpico da história do boxe brasileiro.

Esporte