PUBLICIDADE
Topo

Basquete

NBA endurece protocolos após nova onda de contaminações por covid-19

NBA vive situação delicada por conta da pandemia - GettyImages
NBA vive situação delicada por conta da pandemia Imagem: GettyImages

Do UOL, em São Paulo

12/01/2021 17h35


A NBA e a NBPA (Associação Nacional de Jogadores de Basquete) anunciaram que estabeleceram um novo acordo para complementar os protocolos de saúde vigentes na atual temporada, iniciada em dezembro de 2020. Depois do cancelamento de várias partidas e dos rumores sobre uma possível parada na disputa, as novas medidas entram em vigor imediatamente.

Nos próximos dias, todos os jogadores e equipe técnica deverão permanecer em isolamento nas suas residências quando a equipe jogar em casa, saindo apenas para os treinos ou atividades essenciais. "Interações fora do trabalho são limitadas àquelas com moradores ou funcionários da casa", diz o comunicado divulgado pela Liga. Durante as viagens, as equipes estão proibidas de deixar o local de hospedagem ou interagir com hóspides que não façam parte do staff.

Todas as reuniões realizadas nos vestiários antes das partidas devem durar, no máximo, 10 minutos, e todos os participantes devem obrigatoriamente fazer o uso de máscaras. Para outras reuniões envolvendo jogadores e comissão técnica, a liga estabelece que devem ocorrer em quadra, ou em um espaço que permita o distanciamento entre os participantes.

O uso de máscaras será cobrado com mais intensidade das franquias. A partir de agora, todos os jogadores devem permanecer de máscara antes, durante o jogo, caso estejam no banco, e na saída. Ao sair de quadra, eles poderão aguardar em cadeiras de resfriamento.

"Uma vez que o jogador tenha 'esfriado', ele deve sentar-se em sua cadeira no banco e usar a máscara até voltar à partida. Os atletas devem usar suas máscaras no vestiário, durante as atividades de força e condicionamento e em viagens. Técnicos e todos os membros do staff das equipes devem usar máscaras todo o tempo ao longo das partidas", continua o texto.

A rotina no dia das partidas também sofrerá alterações. Nenhum atleta poderá chegar ao local da partida com mais de três horas de antecedência, e não poderão fazer os tradicionais cumprimentos com as mãos. "Durante os períodos pré e pós-jogo, os jogadores devem limitar as interações a toques com cotovelos e punhos, evitar uma socialização prolongada e manter o distanciamento de 2 metros", esclarece o texto.

A Liga e a Associação também estabeleceram que funcionários de jogadores ou membro do staff dos clubes deve ser testadados duas vezes por semana. "Qualquer equipe com um caso positivo, ou um caso em um membro do grupo de risco, a NBA pode exigir uma bateria de cinco dias consecutivos de testes laboratoriais, duas vezes por dia, para a equipe", finaliza o comunicado.

Ao todo, cinco jogos já foram adiados em função do coronavírus em menos de um mês de temporada. O último foi anunciado hoje. O duelo entre o Orlando Magic e o Boston Celtics, que aconteceria na quarta (13), será reagendado. No momento, a liga nega que tenha planos de suspender a temporada.

Basquete