PUBLICIDADE
Topo

Basquete

NBA oficializa temporada 2020-21 para 22 de dezembro e anuncia salários

LeBron James exibe o troféu de campeão da NBA e o de MVP das Finais da temporada 2019-20 - Mike Ehrmann/Getty Images
LeBron James exibe o troféu de campeão da NBA e o de MVP das Finais da temporada 2019-20 Imagem: Mike Ehrmann/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

10/11/2020 09h10Atualizada em 10/11/2020 09h26

A NBA (Associação Nacional de Basquete, em inglês) confirmou hoje que a temporada 2020-21 terá início no dia 22 de dezembro e anunciou o teto salarial dos atletas, que ultrapassa R$ 500 milhões.

A associação também informou que utilizará um novo sistema será usado para garantir a divisão de receita da competição. Se um jogador tiver que receber mais do que o teto estipulado pela organização, por exemplo, o valor excedente será pago em até duas temporadas.

Para a temporada 2020-21, o teto salarial será de US$ 109 (R$ 586 milhões). Os atletas também passarão a ter uma espécie de dissídio que pode aumentar seus salários de três a dez por cento a cada temporada.

As negociações de agentes livres (jogadores sem times) começam no dia 20 de novembro às 18h (horário de Brasília), com contratações a partir do dia 22 do mesmo mês.

As equipes enfrentarão uma sequência de 72 partidas com datas a serem anunciadas futuramente. A meta da NBA é retomar o padrão de 82 jogos para cada time na temporada 2021-22.

Os detalhes foram acertados entre a NBA e a Associação Nacional dos Jogadores de Basquete dos Estados Unidos.

Basquete