PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Butler brilha, guia Heat e diminui vantagem dos Lakers de LeBron para 2 a 1

LeBron James e Jimmy Butler disputam jogo 3 das finais da NBA, entre Los Angeles Lakers e Miami Heat - Andrew D. Bernstein/NBAE via Getty Images
LeBron James e Jimmy Butler disputam jogo 3 das finais da NBA, entre Los Angeles Lakers e Miami Heat Imagem: Andrew D. Bernstein/NBAE via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

04/10/2020 23h09

O Miami Heat diminuiu a vantagem do Los Angeles Lakers nas finais da NBA. A equipe dominou todos os quartos hoje, na bolha da Disney em Orlando (EUA), evitou sofrer a virada no fim e venceu por 115 a 104. Agora, o placar atualizado da série é de 2 a 1.

Jimmy Butler foi o cestinha da partida com 40 pontos, e o segundo melhor foi LeBron James, com 25. Anthony Davis, por outro lado, não repetiu a grande atuação do jogo 2 e cometeu erros demais.

Vale lembrar que o Miami Heat jogou desfalcado de Bam Adebayo e Goran Dragic mais uma vez, situação que torna sua atuação aguerrida de hoje ainda mais heroica.

A quarta partida das finais acontece depois de amanhã (6), às 20 horas (de Brasília) no mesmo local. No entanto, se for necessário, a série entre as duas equipes pode seguir até o jogo 7.

Butler rivaliza com James e empurra Heat

lebron x butler - Douglas P. DeFelice/Getty Images - Douglas P. DeFelice/Getty Images
LeBron James e Jimmy Butler disputam jogo 3 das finais da NBA, entre Los Angeles Lakers e Miami Heat
Imagem: Douglas P. DeFelice/Getty Images

No primeiro quarto, o Miami Heat abriu vantagem de 26 a 23 com brilho de Jimmy Butler, que disputava ponto a ponto com LeBron o título de cestinha. Mas ainda tinha muito jogo pela frente, e os Lakers perderam força com seu craque de fora em parte do segundo quarto.

Melhor para Butler, que continuou liderando a franquia de Miami no Q2 e mais do que dobrou sua pontuação do primeiro quarto; porém, desta vez, o placar parcial foi mais equilibrado: o Heat fez 32 a 31 e foi para o intervalo com vantagem de quatro pontos no total.

A aparente tranquilidade dos Lakers nos dois primeiros jogos foi colocada à prova, e o domínio do time de Los Angeles caiu por terra —ao menos por uma noite. A equipe de Miami confirmou isso com 27 a 26 no Q3; neste momento, antes do último quarto, Butler já tinha 30 pontos (e queria mais).

O problema é que o outro lado também passou a querer muito: o time da Califórnia teve sua reação mais forte no último quarto, tirou uma desvantagem de 14 pontos e, por um momento, chegou até a ficar na frente.

Mas o nervosismo de LeBron transpareceu cada vez mais em discussões acaloradas e até em um momento em que o ala andou com a bola como um iniciante. O Miami Heat disputou ponto a ponto, fez 30 a 24 e fechou tudo em 115 a 104.

Heroicamente!

LeBron perde, mas faz história de novo

lebron - Douglas P. DeFelice/Getty Images - Douglas P. DeFelice/Getty Images
LeBron James em ação no jogo 3 das finais da NBA, entre Los Angeles Lakers e Miami Heat
Imagem: Douglas P. DeFelice/Getty Images

Ele não para! Só na primeira metade da partida, sem se esforçar muito, LeBron já havia subido em três rankings diferentes:

O ala virou o segundo jogador com mais assistências na história dos playoffs da NBA, superando John Stockton (1.839) e atrás apenas de Magic Johnson (2.346).

E também o segundo com mais assistências em finais da NBA, com 401, deixando Bob Cousy para trás com 400.

A lenda foi além. Agora, LeBron é o sexto atleta com mais bloqueios na história das finais da NBA —um pouco abaixo de Robert Parish e Hakeem Olajuwon, que têm 54 cada, e muito abaixo de Kareem Abdul-Jabbar, com 116

Por fim, James é o novo segundo colocado na lista de jogadores com mais field goals em finais da NBA.

Basquete