PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Leandrinho se aposenta e topa convite para ser auxiliar dos Warriors na NBA

Leandrinho (d) aceitou convite de Steve Kerr (e) para trabalhar na comissão técnica do Golden State Warriors, na NBA - Andrew D. Bernstein/NBAE/Getty Images
Leandrinho (d) aceitou convite de Steve Kerr (e) para trabalhar na comissão técnica do Golden State Warriors, na NBA Imagem: Andrew D. Bernstein/NBAE/Getty Images

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em São Paulo

14/09/2020 15h38

Leandrinho Barbosa decidiu encerrar sua carreira como jogador de basquete, segundo apurou o UOL Esporte. O agora ex-atleta topou um convite do técnico do Golden State Warriors, Steve Kerr, e será um dos auxiliares do treinador do badalado time de São Francisco (Estados Unidos) na NBA.

Maior pontuador do último NBB, Leandrinho tinha renovado seu vínculo com o Minas Tênis Clubes nas últimas semanas para defender as cores do time na próxima temporada. A oportunidade em solo americano, no entanto, seduziu o atleta. Foi nos Warriors que o craque conquistou seu principal título: o anel de campeão da NBA na temporada 2014/15.

No Golden State, o novo auxiliar de Kerr funcionará como "Player Mentor Coach", trabalhando mais no desenvolvimento individual dos atletas da equipe.

Nascido em 1982, Leandrinho se destacou no cenário nacional ao defender o Bauru nas temporadas 2001, 2002 e 2003. Em alta, seu nome foi levado ao draft para a temporada 2003/04 da NBA. Escolhido pelo San Antonio Spurs, acabou imediatamente trocado vestiu a camisa do Phoenix Suns. No Arizona, atuou até 2010.

"Eu realmente não conseguia entender o que estava acontecendo. Eu nunca tinha ouvido falar de nenhuma das duas cidades, eu só balancei a cabeça e aceitei o que passaram. Fui para o Arizona no dia seguinte. Do aeroporto fui para a arena. Alguns membros do staff do Suns foram ao vestiário e me mostraram uma baia com meu nome, camisa e tênis. Foi a mais. Através do meu tradutor, expliquei que eu não queria voltar para o hotel aquela noite, queria dormir ali", contou Barbosa, em recente depoimento ao "Players Tribune", recordando a famosa história de quando não queria deixar o ginásio.

"Expliquei que aquilo era muito melhor do que eu tinha em casa. Disse que eles entenderiam se pudessem ver onde eu morava em São Paulo. Tinha uma TV grande, uma geladeira e o meu nome estava em um armário da NBA. O que mais poderia precisar?", contou.

E Leandrinho se acostumou. Ficou à vontade. Passou a brilhar em quadra. Em alta, faturou o prêmio de melhor sexto homem na temporada 2006/07.

Depois disso, jogou no Toronto Raptros, Indiana Pacers, Boston Celtics, novamente nos Suns e Golden State Warriors na NBA. No Brasil, defendeu Flamengo, Pinheiros Franca e Minas Tênis no NBB.

'The Brazilian Blur', como ficou conhecido nos Estados Unidos, se aposenta aos 37 anos. Além dos prêmios na NBA, ele ganhou um título brasileiro, em 2002, pelo Bauru.

Com a camisa da seleção brasileira, ele venceu a Copa América de Basquete em duas oportunidades: Santo Domingo, República Dominica (2005) e San Juan, Porto Rico (2009).

Por meio de suas redes sociais, o ex-jogador publicou uma mensagem aos fãs: "Não sei dizer o momento exato que o basquete entrou na minha trajetória, mas há mais de 20 anos minha vida gira em torno da bola laranja. Qualquer atleta de alto rendimento sabe do que estou falando, mas para a grande maioria das pessoas é importante explicar que isso significa abrir mão de muita coisa por muito tempo, escolhas difíceis, sacrifícios... um preço salgado que é pago pelo gosto doce da vitória", diz uma parte da publicação.

Não sei dizer o momento exato que o basquete entrou na minha trajetória, mas há mais de 20 anos minha vida gira em torno da bola laranja. Qualquer atleta de alto rendimento sabe do que estou falando, mas para a grande maioria das pessoas é importante explicar que isso significa abrir mão de muita coisa por muito tempo, escolhas difíceis, sacrifícios... um preço salgado que é pago pelo gosto doce da vitória. Me considero um vencedor. Saí da periferia para fazer 850 jogos na maior liga de basquete do planeta e mais de 100 jogos* defendendo o meu país. Quatro Copas do Mundo, dois Jogos Olímpicos, tenho um anel de Campeão da NBA, fui o primeiro brasileiro a receber um prêmio individual na NBA, fui Campeão Brasileiro... Caramba! Não tem como não me orgulhar. Acredito que consegui jogar em alto nível durante todos esses anos, tanto que me despeço como maior pontuador do último NBB. Estou pronto para um novo começo, uma nova caminhada, de novo com a bola laranja nas mãos. A transição será rápida, como sempre foi. É uma enorme alegria anunciar meu retorno ao Golden State Warriors, como Player Mentor Coach.Tenho certeza que me sentirei em casa, afinal, foi assim como jogador e tem sido assim desde então. Não poderia estar mais motivado, sei que estarei rodeado de profissionais brilhantes e farei tudo que estiver ao meu alcance para colaborar com o desenvolvimento de jogadores e toda a organização. Agradeço pelo convite e pela confiança no trabalho que posso desempenhar. For English version in comments..

Uma publicação compartilhada por Leandrinho Barbosa (@theblurbarbosa) em

O Golden State Warriors anunciou, também em suas redes sociais, o retorno de Leandrinho, mas dessa vez como 'Player Mentor Coach' e parte da comissão técnica de Steve Kerr.

Basquete