PUBLICIDADE
Topo

EUA: Repórter da ESPN se desculpa por mandar senador se f**** após críticas

O repórter Adrian Wojnarowk, da ESPN - Reprodução
O repórter Adrian Wojnarowk, da ESPN Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

10/07/2020 17h30

O principal repórter sobre o mundo da NBA na ESPN norte-americana, Adrian Wojnarowki, pediu desculpas hoje por mandar um senador se f**** após o político criticar a liga por permitir que jogadores usassem mensagens de justiça social em seus uniformes.

O senador republicano Josh Hawley chegou a citar nas redes sociais a forma como a NBA lidou, no ano passado, quando o gerente geral do Houston Rockets apoiou os manifestantes de Hong Kong, e disse que a a organização estava "sancionando mensagens políticas". Wojnarowki respondeu o político por e-mail: "Vai se f****".

Após o xingamento, Wojnarowki admitiu estar arrependido da forma como reagiu. "Fui desrespeitoso e cometi um erro terrível. Me desculpe pela forma como lidei e vou falar agora com o senador Hawley para pedir desculpas diretamente", escreveu o jornalista no Twitter.

"Também preciso me desculpar com meus colegas da ESPN, porque sei que minhas ações foram inaceitáveis", acrescentou.

A ESPN também divulgou um comunicado, apontando que é "inaceitável" o que o repórter fez. "Esse é um comportamento completamente inaceitável e não o perdoamos. É indesculpável para quem trabalha na ESPN responder da maneira com a qual Adrian fez ao senador Hawley. Estamos falando diretamente com Adrian e os detalhes dessas conversas permanecerão internos."

A NBA volta a partir de 30 de julho no complexo esportivo da Disney World, em Orlando.

Basquete