Topo

Basquete


Como programa de LeBron na TV fez NBA debater sobre tempos da escravidão

LeBron James apresenta o programa "The Shop" - Marcio Jose Sanchez/AP
LeBron James apresenta o programa "The Shop" Imagem: Marcio Jose Sanchez/AP

Patrick Mesquita

Do UOL, em São Paulo

26/06/2019 12h00

Não é novidade que LeBron James é um dos nomes mais influentes do esporte mundial. Engajado em causas sociais, o astro do Los Angeles Lakers não para de aumentar o "raio de ação" e agora proporciona até discussões capazes de mudar os rumos da NBA. Prova disso é o programa "The Shop", apresentado pelo atleta e exibido pelo canal HBO desde 2018.

Foi durante uma conversa profunda em um dos episódios da atração que Draymond Green, do Golden State Warriors, sugeriu que liga e equipes parassem de usar o termo "dono" ao se referir aos administradores das franquias. Green defende que a palavra remete aos tempos da escravidão, quando algumas pessoas eram "donas" de outras. O termo seria ofensivo aos negros que jogam a competição.

"Raramente tiramos um tempo para repensar algo e dizer: 'Talvez não seja assim'", disse o jogador dos Warriors. "Só porque alguém foi ensinado assim há 100 anos não quer dizer que seja o certo hoje. Então, quando você olha para a palavra 'dono', ela realmente lembra a escravidão. A palavra 'dono', 'mestre', remete à escravidão... Nós apenas pegamos as palavras e seguimos usando."

A declaração ganhou força, principalmente por ter sido feita no programa de alguém tão influente como LeBron. O que poderia passar despercebido virou motivo de pressão interna na NBA, e os efeitos começaram a aparecer publicamente nesta semana. O comissário, Adam Silver, disse que a liga deixou de usar o termo há algum tempo.

"Não quero exagerar porque as pessoas acabam se prendendo em nós, evitando o uso da palavra 'dono'", disse Silver ao "TMZ". "Mas nos afastamos do termo. Chamamos os proprietários de 'Governador do time' ou 'Governadores alternativos'", afirmou.

Apesar de abordar a atitude como algo que partiu da própria NBA, Silver admitiu que o tema ficou mais forte desde as declarações de Green.

"Draymond Green foi muito explícito sobre o fato de que devemos nos afastar do termo, e eu respeito isso", disse.

Atualmente, algumas equipes estão engajadas em discussões para mudar os termos utilizados. Los Angeles Clippers e Philadelphia 76ers já deixaram de usar a palavra "dono".

A barbearia

Reprodução
Imagem: Reprodução

O programa "The Shop" é apresentado por LeBron James e por um de seus parceiros de negócios, Maverick Carter. A atração nada mais é do que uma conversa entre personalidades do esporte e entretenimento sobre diversos temas. Tudo acontece dentro de uma barbearia.

"Quando eu era pequeno e comecei a ir a barbearias, ouvia adultos conversando sobre esportes, estilo, política, música. Tudo acontecia dentro de uma barbearia", explicou LeBron antes de a atração começar a ser exibida.

Só que o programa não se trata apenas de um papo descontraído. Os participantes realmente entram em discussões profundas sobre qualquer tema. Com isso, o telespectador tem a oportunidade de ver os atletas em um ambiente diferente do esportivo.

Além de Draymond Green, os astros da NFL Odell Beckham Jr. e Alvin Kamara, os rappers Drake e Snoop Dogg, o ator Jamie Foxx, e o músico e produtor Pharrell Williams já participaram da atração.

Basquete