PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Jornalista que fez foto pede desculpas por não ajudar brasileiro ferido

Ketevan Kardava/ Georgian Public Broadcaster via AP
Imagem: Ketevan Kardava/ Georgian Public Broadcaster via AP

Do UOL, em São Paulo

23/03/2016 10h23

Ketevan Kardava, uma jornalista belga que estava no aeroporto de Bruxelas no momento dos atentados terroristas e fotografou o ex-jogador brasileiro de basquete Sebastien Bellin estirado no chão e com ferimento na perna e no quadril pediu desculpas por não tê-lo ajudado.

Em entrevista ao jornal De Standaard, a repórter comentou a foto que rodou o mundo horas após as explosões.

"Gostaria de poder falar com ele e pedir desculpas. Pedir desculpas porque deixei ele ali estirado no chão. Vi que ele estava vivo e que tinha um problema na perna. Mas não havia nada que eu poderia fazer para ajuda-lo. Naquele momento, os soldados estavam ordenando que todos deixassem o aeroporto", afirmou.

"Não tive tempo de dizer nada. Eu ainda tive tempo de fotografar outros feridos e as pessoas correndo pelo saguão. Mas tudo durou apenas alguns minutos", disse Ketevan, que trabalha é da Geórgia e trabalha para um veículo do país.

A jornalista contou que viu de perto todas as explosões e que estava no aeroporto para uma viagem a trabalho a Genebra, na Suíça.

A última informação que se tem de Sebastien é que ele passou por uma cirurgia na terça-feira e segue internado em um hospital de Bruxelas.

Basquete