PUBLICIDADE
Topo

Real Time Big Data no RS: Onyx lidera ao governo com 23%; Senado tem empate

Onyx Lorenzoni lidera a corrida eleitoral para o governo do RS - ADRIANO MACHADO
Onyx Lorenzoni lidera a corrida eleitoral para o governo do RS Imagem: ADRIANO MACHADO

Do UOL, em São Paulo

27/05/2022 20h59

A pesquisa Real Time Big Data, contratada pela Record TV e divulgada hoje, mostra o ex-ministro Onyx Lorenzoni (PL) liderando a corrida eleitoral para o governo do Rio Grande do Sul. Com 23% das intenções de voto, ele fica à frente de todos os demais candidatos, que não conseguem alcançá-lo nem dentro da margem de erro, que é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Atrás de Onyx Lorenzoni aparecem oito adversários empatados tecnicamente. São eles: Edegar Pretto (PT) e Ranolfo Vieira Jr (PSDB), ambos com 7%; Beto Albuquerque (PSB), Pedro Ruas (PSOL) e Luiz Carlos Heinze (PP), os três com 6%; além de Vieira da Cunha (PDT), com 3%, Gabriel Souza (MDB), com 2%, e Roberto Argenta (PSC), com 1%.

Com 0%, Ricardo Jobim (Novo) e Marco Della Nina (Patriota) não alcançam os três primeiros colocados numericamente, mas empatam tecnicamente com os demais.

Não é possível comparar esta rodada da pesquisa Real Time Big Data com o levantamento mais recente, de 18 de abril, por conta da mudança dos candidatos indicados nas perguntas estimuladas —quando os nomes são apresentados aos eleitores.

O instituto ouviu por telefone 1.500 eleitores do Rio Grande do Sul, com 16 anos ou mais, entre 23 e 24 de maio. O nível de confiança do levantamento é de 95%. O registro da pesquisa no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é RS-02422/2022.

Veja os cenários testados pela pesquisa:

Estimulada - cenário 1

  • Onyx Lorenzoni (PL) - 23%
  • Edegar Pretto (PT) - 7%
  • Ranolfo Vieira Jr (PSDB) - 7%
  • Beto Albuquerque (PSB) - 6%
  • Pedro Ruas (PSOL) - 6%
  • Luiz Carlos Heinze (PP) - 6%
  • Vieira da Cunha (PDT) - 3%
  • Gabriel Souza (MDB) - 2%
  • Roberto Argenta (PSC) - 1%
  • Ricardo Jobim (Novo) - 0%
  • Marco Della Nina (Patriota) - 0%
  • Brancos/Nulos - 12%
  • Não sabe/Não respondeu - 27%

Estimulada - cenário 2

No segundo cenário, Onyx e o ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB) aparecem empatados tecnicamente. Mas o tucano tem vantagem numérica. Além disso, assim como no primeiro cenário, os demais candidatos não alcançam a liderança, mas empatam entre si.

  • Eduardo Leite (PSDB) - 23%
  • Onyx Lorenzoni (PL) - 20%
  • Edegar Pretto (PT) - 6%
  • Beto Albuquerque (PSB) - 5%
  • Luiz Carlos Heinze (PP) - 4%
  • Pedro Ruas (PSOL) - 4%
  • Vieira da Cunha (PDT) - 2%
  • Roberto Argenta (PSC) - 1%
  • Gabriel Souza (MDB) - 1%
  • Ricardo Jobim (Novo) - 0%
  • Marco Della Nina (Patriota) - 0%
  • Brancos/Nulos - 12%
  • Não sabe/Não respondeu - 22%

Estimulada - cenário 3

No terceiro cenário, com menos candidatos na disputa, Onyx aumenta a vantagem para 27%. Assim como nos demais casos, os outros políticos empatam na margem de erro.

  • Onyx Lorenzoni (PL) - 27%
  • Edegar Pretto (PT) - 8%
  • Pedro Ruas (PSOL) - 7%
  • Ranolfo Vieira Jr (PSDB) - 6%
  • Vieira da Cunha (PDT) - 3%
  • Roberto Argenta (PSC) - 2%
  • Gabriel Souza (MDB) - 2%
  • Marco Della Nina (Patriota) - 0%
  • Ricardo Jobim (Novo) - 0%
  • Brancos/Nulos - 15%
  • Não sabe/Não respondeu - 30%

Disputa pelo Senado

O Real Time Big Data também testou cenários da disputa pelo Senado no Rio Grande do Sul. No primeiro levantamento estimulado, Manuela D'Ávila (PCdoB) e Hamilton Mourão (Republicanos) estão empatados. Mas no segundo quadro, com a inclusão do ex-governador Eduardo Leite (PSDB), os três ficam empatados na margem de erro.

Hoje, no entanto, a ex-deputada federal informou ao PT que desistiu de concorrer a uma vaga ao Senado. Manuela disse ser vítima de violência política e temer pela segurança de sua família.

Os demais candidatos não conseguem alcançar Manuela e Mourão no primeiro cenário, nem os três primeiros colocados no segundo.

Confira:

Estimulada - cenário 1

  • Manuela D'Ávila (PCdoB) - 22%
  • Hamilton Mourão (Republicanos) - 22%
  • Ana Amélia Lemos (PSD) - 11%
  • José Ivo Sartori (MDB) - 11%
  • Lasier Martins (Podemos) - 6%
  • Nelson Marchezan Jr. (PSDB) - 5%
  • Brancos/Nulos - 8%
  • Não sabe/Não respondeu - 15%

Estimulada - cenário 2

  • Hamilton Mourão (Republicanos) - 21%
  • Manuela D'Ávila (PCdoB) - 20%
  • Eduardo Leite (PSDB) - 17%
  • José Ivo Sartori (MDB) - 10%
  • Ana Amélia Lemos (PSD) - 9%
  • Lasier Martins (Podemos) - 6%
  • Brancos/Nulos - 7%
  • Não sabe/Não respondeu - 10%