PUBLICIDADE
Topo

Real Time: Datena tem 29% para o Senado em SP; Moro, 20%, e França, 16%

Da esquerda para a direita: Datena (PSC), Moro (União Brasil) e França (PSB) - Reprodução/Mariana Pekin/Fredy Uehara/LIDE
Da esquerda para a direita: Datena (PSC), Moro (União Brasil) e França (PSB) Imagem: Reprodução/Mariana Pekin/Fredy Uehara/LIDE

Caíque Alencar

Do UOL, em São Paulo

23/05/2022 14h08Atualizada em 25/05/2022 18h08

Pesquisa Real Time Big Data contratada pela Record TV e divulgada hoje aponta o jornalista José Luiz Datena (PSC) na liderança da disputa pelo Senado no estado de São Paulo, com 29% das intenções de voto na pesquisa estimulada —quando o entrevistado recebe uma lista com os nomes dos pré-candidatos.

O ex-juiz Sergio Moro (União Brasil), que foi incluído pela primeira vez na sondagem, ficou com 20%, enquanto o ex-governador Márcio França (PSB) registrou 16%, no cenário testado com mais pré-candidatos. Como a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, Moro e França estão tecnicamente empatados em segundo lugar.

A deputada estadual Janaina Paschoal (PRTB) tem 6%; o ex-ministro Aldo Rebelo (PDT) e a médica Nise Yamaguchi (PTB), 2%; e os deputados estaduais Heni Ozi Cukier (Podemos) e Ricardo Mellão (Novo), 1%. Esses cinco pré-candidatos estão empatados dentro da margem de erro. Branco e nulo somaram 13% e não sabem ou não responderam, 10%.

A sondagem de hoje não é comparável com a rodada anterior, já que, além da inclusão de Moro, apareceu entre as opções o nome de Rebelo. Foi excluído da lista o empresário Paulo Skaf (Republicanos), ex-presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

O levantamento fez 1.500 entrevistas por telefone entre os dias 20 e 21 de maio. O nível de confiança é de 95%. O registro junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é SP-05693/2022.

Veja a seguir os resultados dos cenários testados:

Cenário 1:

  • José Luiz Datena (PSC): 29%
  • Sergio Moro (União Brasil): 20%
  • Márcio França (PSB): 16%
  • Janaina Paschoal (PRTB): 6%
  • Aldo Rebelo (PDT): 2%
  • Nise Yamaguchi (PTB): 2%
  • Heni Ozi Cukier (Podemos): 1%
  • Ricardo Mellão (Novo): 1%
  • Branco/nulo: 13%
  • Não sabe/não respondeu: 10%

Cenário 2:

  • Fernando Haddad (PT): 33%
  • Paulo Skaf (Republicanos): 14%
  • Janaina Paschoal (PRTB): 9%
  • Milton Leite (União Brasil): 4%
  • Heni Ozi Cukier (Podemos): 1%
  • Ricardo Mellão (Novo): 1%
  • Branco/nulo: 20%
  • Não sabe/não respondeu: 18%

Cenário 3:

  • José Luiz Datena (PSC): 33%
  • Márcio França (PSB): 21%
  • Janaina Paschoal (PRTB): 8%
  • Milton Leite (União Brasil): 5%
  • Heni Ozi Cukier (Podemos): 1%
  • Ricardo Mellão (Novo): 1%
  • Branco/nulo: 16%
  • Não sabe/não respondeu: 15%

Cenário 4:

  • José Luiz Datena (PSC): 27%
  • Fernando Haddad (PT): 24%
  • Janaina Paschoal (PRTB): 10%
  • Milton Leite (União Brasil): 5%
  • Heni Ozi Cukier (Podemos): 1%
  • Ricardo Mellão (Novo): 1%
  • Branco/nulo: 17%
  • Não sabe/não respondeu: 15%