PUBLICIDADE
Topo

Eleição presidencial: pesquisas indicam 2º turno em 10 de 12 cenários

Lula e Bolsonaro avançam ao 2º turno em 11 dos 12 cenários de pesquisas eleitorais -  Marlene Bergamo - 26.abr.2019/Folhapress e Adriano Machado - 10.mai.2021 /Reuters
Lula e Bolsonaro avançam ao 2º turno em 11 dos 12 cenários de pesquisas eleitorais Imagem: Marlene Bergamo - 26.abr.2019/Folhapress e Adriano Machado - 10.mai.2021 /Reuters

Juliana Arreguy

Do UOL, em São Paulo

09/04/2022 04h00

Dos 12 cenários eleitorais testados pelas pesquisas de intenção de voto publicadas ao longo desta semana, 10 apontam que a disputa pela Presidência da República avança para o segundo turno com Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL). Em apenas duas simulações feitas pelo Quaest, Lula vence no primeiro turno.

Os levantamentos foram realizados por XP/Ipespe, Genial/Quaest e Paraná Pesquisas. Seis dos 12 cenários não apresentaram o ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sergio Moro (União Brasil). Na semana passada, Moro trocou o Podemos pelo União Brasil e sinalizou que pode abrir mão da disputa pelo Planalto para se candidatar à Câmara dos Deputados ou ao Senado.

Para Felipe Nunes, CEO do Quaest, a terceira via foi esvaziada com a saída de Moro e a disputa entre João Doria e Eduardo Leite no PSDB. A tendência, diz Nunes, é de que os votos de Moro migrem para Bolsonaro.

"Estamos vendo dois fenômenos: a volta dos eleitores do presidente ao ninho bolsonarista e o desencanto dos eleitores com o possível surgimento de uma terceira via. Há uma tendência de os votos do Moro, principalmente, migrarem para o Bolsonaro", diz Nunes.

No entanto, nenhuma das pesquisas pode ser comparada a levantamentos anteriores feitos pelos respectivos institutos porque houve mudanças nas pré-candidaturas apresentadas aos entrevistados. Isso pode influenciar a opção de voto dos eleitores.

Confira, abaixo, o que mudou em cada lista:

  • XP/Ipespe: Moro e o ex-governador Eduardo Leite (PSDB) não constam no novo levantamento, que inclui pela primeira vez as pré-candidaturas de José Maria Eymael (DC) e de Vera Lúcia (PSTU);
  • Genial/Quaest: Inclui os nomes de Eymael, Vera Lúcia, Sofia Manzano (PCB) e Leonardo Péricles (UP);
  • Paraná Pesquisas: Exclui os nomes de Rodrigo Pacheco (PSD) e Alessandro Vieira (PSDB), e inclui o de Luiz Felipe D'Ávila (Novo).

O Quaest também observou, por meio de nota, que Bolsonaro apresenta mais de 30% das intenções de votos pela primeira vez na série histórica. Isso ocorreu em quatro dos seis cenários testados pela pesquisa.

O UOL compilou os resultados apresentados pelas pesquisas publicadas na primeira semana de abril:

Ipespe

A pesquisa foi realizada entre 2 e 5 de abril e contratada pela XP Investimentos. Foram ouvidos 1.000 entrevistados de 16 anos ou mais em todas as regiões do país por telefone. O índice de confiança é de 95,5% e a margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

O levantamento foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o protocolo BR-03874/2022.

Lula lidera a pesquisa por uma diferença de 14 pontos percentuais em relação a Bolsonaro, segundo colocado. Considerando a margem de erro, a distância entre os dois pode ser de até 7,6 pontos percentuais.

Um eventual apoio de Moro a uma candidatura não altera a chance de voto de 49% dos entrevistados. Para 15% deles, o apoio do ex-juiz pode aumentar a probabilidade de que eles escolham o mesmo candidato. No caso de 27%, a escolha de Moro pode diminuir a chance de que votem no mesmo nome; 9% não sabem ou não responderam.

Segundo turno

Lula sai vitorioso em todos os cenários testados. Bolsonaro só não é derrotado por Doria, em disputa apertada e que aponta empate técnico entre os dois (39% para o atual presidente da República e 38% para o tucano).

Pesquisa XP 2º turno - Arte UOL - Arte UOL
Imagem: Arte UOL

Sobre o Ipespe

O Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas) é uma empresa de pesquisas fundada em 1986 e com sede no Recife. O instituto geralmente faz pesquisas eleitorais por telefone. Operadores ligam para eleitores selecionados conforme a distribuição de todo eleitorado brasileiro e os questionam sobre suas preferências eleitorais.

Quaest

A pesquisa ouviu 2.000 pessoas presencialmente entre os dias 1 e 3 de abril. O índice de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi contratada pelo Banco Genial e registrada no TSE sob o número BR-00372/2022.

O primeiro cenário testado pelo instituto apresenta aos eleitores 13 nomes, incluindo Moro:

No segundo cenário, sem a presença de Moro, há oscilações positivas de Lula e Bolsonaro em relação ao primeiro cenário. O petista oscila um ponto e o atual presidente, dois pontos. O levantamento também não conta com Eduardo Leite e Luiz Felipe D'Ávila:

Apenas cinco nomes foram apresentados no terceiro cenário. A simulação é a que apresenta a maior distância entre Lula e Bolsonaro, de 16 pontos percentuais:

O quarto cenário apresenta seis candidaturas:

Apenas quatro nomes são apontados no quinto cenário: Lula, Bolsonaro, Ciro e Simone Tebet. Lula venceria no primeiro turno.

O sexto e último cenário também apresenta quatro candidaturas. Ao invés de Tebet, a pesquisa incluiu o tucano Eduardo Leite. Neste caso, Lula também vence no primeiro turno.

Segundo turno

O petista vence todos os cenários de segundo turno testados pelo instituto.

Pesquisa Quaest 2º turno - Arte UOL - Arte UOL
Imagem: Arte UOL

Sobre o Quaest

O Quaest é um instituto de pesquisas com sede em Belo Horizonte. Até 2020 a empresa realizava pesquisas eleitorais só em Minas Gerais. Hoje, faz levantamentos sobre intenções de voto para presidente e em outros estados. O instituto tem uma parceria com a Genial Investimentos, que financia levantamentos sobre as eleições de 2022. As pesquisas são realizadas com entrevistas presenciais.

Paraná Pesquisas

A pesquisa foi feita com entrevistas presenciais entre 31 de março e 5 de abril em 164 municípios de 26 estados e do Distrito Federal. O grau de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. No total, foram ouvidos 2020 eleitores. O registro no TSE é BR-08065/2022.

O Paraná Pesquisas testou cinco cenários de primeiro turno. Os quatro primeiros incluíram Moro entre os presidenciáveis:

Apenas o quinto cenário foi testado sem a presença de Moro. De todos os cenários, é aquele em que Bolsonaro apresenta o melhor desempenho (35,3%), com diferença de 6,2 pontos percentuais em relação a Lula. Também é a simulação com maior percentual de brancos, nulos e abstenções.

Segundo turno

O instituto simulou apenas um cenário de segundo turno, no qual Lula vence Bolsonaro:

Pesquisa Paraná Pesquisas 2º turno - Arte UOL - Arte UOL
Imagem: Arte UOL

Sobre o Paraná Pesquisas

O Paraná Pesquisas é uma empresa de Curitiba, fundada em 1990. Realizou seu primeiro levantamento sobre intenções de voto para presidente em 2013 e, desde então, divulga pesquisas eleitorais pagas com recursos próprios ou de financiadores diversos. Na eleição de 2018, o instituto fez pesquisas com entrevistas presenciais de eleitores em suas casas financiadas pela empresa de consultoria de investimentos Empiricus e pela Fundação Presidente Jânio Quadros, ligada ao PRTB.

Atualmente, o Paraná Pesquisas também realiza levantamentos por telefone, com operadores treinados conversando com eleitores. O instituto informou ao UOL que realiza pesquisas usando diferentes métodos, a depender do que foi acordado com o financiador do levantamento.

Errata: o texto foi atualizado
A versão anterior da matéria informava que haveria 2º turno em 11 cenários. A informação foi corrigida.