PUBLICIDADE
Topo

Agora a Nasa vem: Chevette roda com motor de moto e tanque de garrafa PET

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

19/12/2021 04h00Atualizada em 19/12/2021 12h15

Dizem que nos momentos de falta de recursos os brasileiros mostram sua capacidade de adaptação, tão grande que merece ser estudada por cientistas da Nasa, a agência espacial norte-americana. Parece ser o caso de um Chevrolet Chevette convertido em picape.

Em vídeo que circula nas redes sociais, reproduzido acima, o veículo aparece já bastante judiado pelo tempo e, provavelmente, pelo trabalho duro. Sem as portas e com a coluna traseira cortada, o sedã trocou os bancos traseiros por uma caçamba.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

Na gravação, feita supostamente no município de Praia Grande (SP), em data desconhecida, surge a surpresa: embaixo do capô está um diminuto motor de motocicleta, substituindo o original de quatro cilindros. O condutor do Chevette demonstra ao autor do vídeo que a partida é realizada com pedal, como na motocicleta que "doou" o propulsor - que seria de uma Vespa.

Em seguida, o motorista coloca o pé no pedal, dentro do cofre do motor e o põe a funcionar. Logo se vê que a improvisação não fica restrita ao trem de força, que, aparentemente, mantêm o câmbio original do automóvel Chevrolet.

O tanque de combustível original foi substituído por uma garrafa PET amarrada na coluna, da qual sai uma mangueira que, por sua vez, é conectada ao motor. A garrafa contém só um pouco de gasolina, que o condutor diz ser suficiente para seu deslocamento.

Evidentemente, a gambiarra não está em conformidade com as exigências de segurança previstas na legislação de trânsito. Além da precariedade do reservatório e da ausência de portas, o carro aparenta não ter mais cintos de segurança. Além disso, não há mais faróis e as luzes de freio não estão funcionando, aparentemente. O condutor diz no vídeo que utiliza o veículo para fazer fretes.

Isso tudo sem mencionar que a troca do propulsor exige vistoria seguida de alteração na documentação do veículo, que, dadas as condições precárias, não deve ter sido realizada.

Em publicação no YouTube, a seção de comentários traz elogios, piadas e também críticas à transformação.

"O brasileiro é muito criativo mesmo", comentou um internauta.

"A Nasa não sabe o que seus cientistas estão perdendo aqui no Brasil, disse outro.

"Esse tanque de combustível é um passo para a explosão", comentou uma terceira pessoa.

E você, o que achou do Chevette com motor de moto?

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.