PUBLICIDADE
Topo

Caio Castro transforma sua Ferrari e acelera acompanhado de helicóptero

Caio Castro posa com sua Ferrari 458 Spider, agora única, em pista de pouso com direito a helicóptero; responsável por projeto diz que ator pensava em vender esportivo - Divulgação
Caio Castro posa com sua Ferrari 458 Spider, agora única, em pista de pouso com direito a helicóptero; responsável por projeto diz que ator pensava em vender esportivo
Imagem: Divulgação

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

27/03/2021 04h00

Dentre os carrões que Caio Castro guarda na garagem, um dos xodós do ator é a sua Ferrari 458 Spider 2013, avaliada em cerca de R$ 1,4 milhão. Após curtir bastante o conversível italiano, ele já pensava em passar o esportivo adiante.

No entanto, Castro mudou de ideia e gastou R$ 130 mil - cerca de 10% do valor do esportivo italiano - para deixá-lo único.

Em dezembro passado, o projeto de customização da Ferrari vermelha foi concluído, incluindo peças de fibra de carbono feitas sob encomenda nos Estados Unidos e ganho de potência para passar de 600 cv.

O proprietário, que também é piloto, já aproveitou para acelerar a 458 renovada em uma pista de pouso, em alto estilo: teve até helicóptero acompanhando os testes do artista, como você confere em fotos que acompanham esta reportagem.

Ferrari Caio Castro ponte estaiada dianteira - Divulgação - Divulgação
Caio Castro já pensava em vender 458 Spider; customização incluiu peças sob encomenda
Imagem: Divulgação

"Ele adorou a transformação, ficou muito satisfeito e não vai vender tão cedo essa Ferrari", conta Fernando Santos, o Fernando Mutant, que idealizou todo o projeto e foi pessoalmente aos EUA para encomendar os componentes necessários.

Especializado em personalizar máquinas raras e caras como a Ferrari de Caio Castro, Mutant, de 30 anos, conta que as modificações foram concluídas em apenas 15 dias, após uma espera mais demorada pela chegada das peças.

Ferrari 458 Spider caio castro ponte estaiada traseira - Leo Cavazzana/Divulgação - Leo Cavazzana/Divulgação
Mudanças no esportivo incluem para-choques de fibra de carbono e sistema de escapamento
Imagem: Leo Cavazzana/Divulgação

"Temos amigos em comum e um deles comentou com o Caio a respeito do meu trabalho. Ele já estava enjoado da Spider e pensando em trocá-la por outro carro. Entramos em contato e logo mostrei o que seria possível fazer", relata.

Fernando Mutant também foi responsável pela customização de um Lamborghini Huracán que ganhou as manchetes no início do ano passado, após ser danificado no alagamento de uma garagem na capital paulista. O cupê já foi totalmente restaurado.

Viagem aos EUA e documentário

Ferrari 458 Spider Caio Castro Fernando Mutant - Divulgação - Divulgação
Fernando Mutant posa com o cliente famoso; profissional se especializou em modificar esportivos de luxo
Imagem: Divulgação

Fernando diz que customização envolveu ganho na performance e também troca de peças da carroceria. A execução do projeto foi terceirizada, sob sua supervisão, a cargo de empresas brasileiras. A maioria das peças foi importada.

"Viajei aos Estados Unidos para encomendar os componentes. Tudo do bom e do melhor. Visitei fornecedoras em Los Angeles e em outras cidades da Califórnia".

Dentre os fornecedores, ele elenca marcas reconhecidas no meio do "tuning", como Vorsteiner, responsável pelo "body kit" de fibra de carbono; BMC, que produz filtros de ar de alta performance; Secret Weapon e Ticon, fabricantes de escapamentos; e Sheepey Race e Avantgarde, encarregadas do novo mapeamento eletrônico do motor.

Por falar em motor, o 4.5 V8 naturalmente aspirado da 458 Spider, que originalmente rende 578 cv, teve um incremento na performance, viabilizado pela nova programação da ECU, pelo escapamento de titânio e pelos filtros de ar.

Ferrari 458 Spider Caio Castro Fernando Mutant acelerando na pista vista lateral - Leo Cavazzana/Diulgação - Leo Cavazzana/Diulgação
Ferrari ficou com mais de 600 cv de potência graças a novo escapamento e novo mapeamento do motor
Imagem: Leo Cavazzana/Diulgação

"A combinação desses itens aumentou a potência original em cerca de 40 cv. Foi um 'remap' conservador, pois o objetivo do Caio não é velocidade final e, sim, curtir o carro. A adaptação do novo mapeamento ao clima e ao combustível brasileiros foi realizada pela Avantgarde", conta o customizador.

De acordo com ele, o item mais caro foi o kit de fibra de carbono para a carroceria, que incluiu novos para-choques dianteiro e traseiro e asa traseira.

Ferrari 458 Spider Caio Castro Fernando Mutant na oficina - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Ferrari de Caio Castro durante processo de desmontagem na oficina; pintura original foi preservada
Imagem: Arquivo pessoal

Já a instalação e a pintura das novas peças foram realizadas pela Frison, oficina paulistana especializada em carros de luxo. A cor vermelha original da Ferrari foi preservada, bem como as rodas.

O projeto foi arrematado com serviço de detalhamento.

"Todas as etapas foram registradas em vídeo, inclusive a fase de encomenda dos componentes nos Estados Unidos. Será um documentário, a ser exibido no YouTube dentro de aproximadamente 30 dias", promete Fernando.

Ferrari 458 Spider divulgação - Divulgação - Divulgação
Ferrari 458 Spider semelhante à de Castro antes das modificações; conversível já não é mais fabricado
Imagem: Divulgação

Procuramos Caio Castro para comentar a transformação, porém o ator preferiu não se manifestar.

Siga o UOL Carros no