PUBLICIDADE
Topo

Novo Nissan Kicks 2022: os prós e contras diante dos principais rivais

José Antonio Leme

do UOL, em São Paulo

26/02/2021 04h00


A Nissan apresentou ontem (26) a primeira reestilização do Kicks. O modelo lançado em 2016, durante a olimpíada, ganhou um novo visual, mais tecnologias e também novas nomenclaturas. O modelo que tem preços entre R$ 90.390 e R$ 119.890, manteve a mecânica, mas está mais completo para encarar os rivais.

Com essas mudanças e melhorias, será que o Nissan Kicks está pronto para encarar os principais rivais do mercado? Vamos dissecar como ele se comporta em relação a outros modelos, como Volkswagen T-Cross, Jeep Renegade, Chevrolet Tracker e outros.

Siga o UOL Carros no

Design

Em termos de design, o Kicks hoje tem um dos visuais mais interessantes do segmento. O Renegade ainda é bonito, mas terá que ver como fazer uma reestilização que continue agradando e sem perder em termos do design tradicional da marca. No caso do T-Cross, ele tem as linhas mais normalizadas e pouco atrai pelo aspecto geral. Do mesmo problema sofre o Chevrolet Tracker, que não tem a mesma imponência em termos de aparência que o irmão de plataforma, o Onix. Já o Hyundai Creta tem um bom design, mas já nada inovador junto ao público.

Equipamentos

Com o visual novo vem mais equipamentos para o Kicks. Ganhou luzes de LEDs, frenagem autônoma de emergência com detecção de pedestres, nova central multimídia, entre outros. Em termos de equipamento, o Renegade é o mais distante dos demais. Ele tem apenas o básico e, na versão diesel, ganha sistema inteligente de tração. Com diferentes escolhas, mas com tecnologias tão inovadoras quando do Kicks, temos o Tracker com auxílio de estacionamento, Nivus com frenagem autônoma e controle de velocidade adaptativo, T-Cross com frenagem autônoma e o Tracker com auxílio eletrônico de estacionamento. A maior inovação no pacote do Creta é a pulseira inteligente que substitui a chave.

Preços

A tabela do Kicks vai de R$ 90.390 a R$ 119.890, o Jeep, líder do segmento, vai de R$ 85.429 a R$ 171.821. No caso do Nivus e do T-Cross, os preços vão de R$ 92.440 a R$ 105.840 e R$ 99.070 e R$ 130.190. O Chevrolet Tracker vai de R$ 92.850 a R$ 126.830, enquanto o Creta custa de R$ 82.090 a R$ 118.090.

Motores

Um dos calcanhares de Aquiles do Kicks é o trem de força. Ele usa o motor 1.6 flexível de até 114 cv e 15,5 mkgf. Esse é o único motor oferecido no SUV compacto. Na Hyundai, além das versões com motor 1.6, há as mais potentes que usam o 2.0 aspirado. Para Tracker, T-Cross, Nivus e há os 1.0 turbo e, no caso de Tracker e T-Cross, as versões mais caras usam o motor 1.2 e 1.4 turbo, respectivamente. O Renegade, em termos de motores só vale a pena, se for diesel ou receber um desconto muito forte para levar as versões flexível ou tem que esperar as versões 1.0 turbo flexível.