PUBLICIDADE
Topo

FCA anuncia 1ª mulher chefe de fábrica; SUVs de Fiat e Jeep chegam até 2022

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

01/07/2020 18h08

Antonio Filosa, presidente da FCA na América Latina, concedeu entrevista exclusiva a UOL Carros na tarde de hoje.

Por videoconferência, o executivo contou ao colunista Jorge Moraes que a empresa manterá os investimentos no Brasil, apesar da pandemia do coronavírus.

Filosa também deu detalhes sobre futuros lançamentos das marcas Jeep e Fiat no País, que terão alguns meses de atraso, e revelou que o Polo Automotivo Jeep em Goiana (PE) será comandado por uma mulher pernambucana e "muito jovem".

"Será a primeira mulher a dirigir uma fábrica da FCA na América Latina", contou o presidente, sem revelar o nome.

O mistério acabou pouco depois da entrevista, quando a companhia divulgou comunicado informando que Juliana Coelho, de 30 anos, assume a função em uma das fábricas mais modernas da FCA no mundo.

Juliana Coelho, nova Plant Manager do Polo Automotivo Jeep, em Goiana (PE) - Divulgação - Divulgação
Juliana Coelho, de 30 anos, iniciou a carreira em 2013, como especialista de processo de pintura
Imagem: Divulgação

Ela substitui o italiano Pierluigi Astorino, de 38 anos, promovido ao cargo de diretor de manufatura da Fiat Chrysler na América Latina.

Demonstrando "otimismo" com a reaberturas das fábricas, após todo o setor automotivo amargar uma queda recorde nas vendas durante os meses de abril e maio, Antonio Filosa salientou que o aporte entre R$ 15 bilhões e R$ 16 bilhões previsto para o Brasil entre 2018 e 2024 está preservado.

Novos SUVs

Fiat Fastback 1 - Vitor Matsubara/UOL - Vitor Matsubara/UOL
Conceito Fastback, revelado no Salão do Automóvel de 2018, dará origem a SUV inédito da Fiat
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

"Existe uma rediscussão em nível global de todos os investimentos para preservar a liquidez do caixa, muito estressada durante a pandemia. O plano inicial para a região do Brasil está confirmado neste momento, apesar do adiamento de alguns projetos de três meses até um ano".

Nascido em Nápoles, na Itália, Filosa disse, ainda, que os 25 lançamentos previstos de Jeep e Fiat para o mercado brasileiro nos próximos anos permanecem. As estreias programadas incluem séries especiais, novas versões de modelos já existentes e modelos inéditos.

Isso inclui dois SUVs da Fiat - um baseado no conceito Fastback e outro mais compacto, derivado do Argo.

Sem apontar qual deles chega primeiro, o presidente da FCA informou que um dos utilitários esportivos da Fiat estreia no ano que vem e o segundo chega às concessionárias "no começo de 2022".

"Toda a parte de estilo desses novos SUVs está pronta. Ambos serão muito bonitos, seguindo a escola de design italiana, e vão trazer muitas inovações tecnológicas e de conectividade", pontuou o executivo.

Antonio Filosa também mencionou o novo SUV premium da Jeep, que terá sete lugares, produção em Goiana e será posicionado acima do Compass.

De acordo com ele, a novidade, cujo desenvolvimento é centralizado nos Estados Unidos com a participação da engenharia brasileira, estreia aqui também em 2021.

Ele falou, ainda, sobre o lançamento da picape RAM 1500, inicialmente previsto para este ano, mas que foi alterado para meados de 2021. Filosa indicou que o utilitário deve vir inicialmente com o motor 5.7 V8 de 400 cv.

Quanto à nova geração do Fiat 500, em versão 100% elétrica, o executivo disse que fica para o ano que vem.

Já os motores 1.0 e 1.3 turbo, derivados das unidades Firefly já disponíveis no Brasil, sua estreia, inicialmente programada para o fim de 2020, foi postergada para o primeiro trimestre de 2021. Filosa, no entanto, não revelou qual modelo foi o escolhido para estrear a nova motorização, que será produzida em Betim (MG).

"As obras na fábrica em Minas Gerais para a fabricação dos motores turbo ficaram paradas por cerca de três meses e já foram retomadas".

Também chegam no ano que vem, via importação da Itália, versões híbrida plug-in de Renegade e Compass - disse o presidente.

Novo Jeep Compass vem aí

Novo Jeep Compass 2021 - Divulgação - Divulgação
Novo Jeep Compass chega no ano que vem com motor turbo e mais conectividade
Imagem: Divulgação

Ele também sinalizou que no ano que vem o Compass receberá uma atualização importante, revelada há alguns dias pela FCA na Europa. Seria ele o primeiro a receber motor turbo?

"Será muito mais do que um simples facelift. Haverá uma reformulação importante no Compass em termos de motor e tecnologia, com uma plataforma de serviços conectados. Nosso programa de sistemas de infotainment virá muito, muito forte. A central multimídia da nova Fiat Strada, com tela tátil de sete polegadas e conexão sem fio de celulares via Android Auto e Apple Carplay é só o começo".

Para finalizar, o presidente da empresa na América Latina destacou que a pandemia não afetou as negociações e estudos técnicos para a fusão com a PSA, anunciada no fim do ano passado.

"Está indo bem, conforme o cronograma. A previsão é de que a fusão seja concluída no primeiro semestre do ano que vem. O coronavírus não gerou nenhum atraso".

Errata: o texto foi atualizado
Foi informado no sétimo parágrafo que os investimentos da FCA no Brasil são de R$ 15 milhões a R$ 16 milhões. Na verdade, o aporte previsto varia entre R$ 15 bilhões e R$ 16 bilhões. A informação já foi corrigida.