PUBLICIDADE
Topo

Mercedes lança novas versões cupê e conversível do Classe E; veja detalhes

Mercedes Classe E cupê - Divulgação
Mercedes Classe E cupê Imagem: Divulgação

Do UOL

Em São Paulo (SP)

27/05/2020 10h24

A Mercedes divulgou a reestilização de meio de ciclo para o Classe E, que já havia anunciado anteriormente neste ano. O modelo foi revelado nas versões cupê e conversível, entretanto sem muitas alterações aparentes nem por dentro e nem por fora.

Falando de novidades estéticas, há quatro novas cores para os modelos (Cirrus Silver Metallic, Grafite Grey Metallic, Mojave Silver Metallic e designo Patagonia Red Metallic) e novas rodas aerodinâmicas opcionais que melhoram o consumo de combustível de acordo com a fabricante. O AMG E53 esportivo tem a grade dianteira "panamericana", com 12 raios verticais, e ainda um spoiler na parte traseira. O conversível sofreu poucas alterações na grade, que permanece com o estilo usual.

Merc - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Os Classe E cupê e conversível também recebem o novo sistema multimídia MBUX com duas telas, uma de 10,25 polegadas e outra de 12,3 polegadas. O botão rotacional anteriormente presente foi retirado, sendo substituído por área sensível ao toque.

Entretanto, o destaque em termos tecnológicos vai para a detecção capacitiva das mãos. Ambos os carros têm sensores de duas zonas dentro do volante que detectam se o motorista segura ou não o volante e quem está no controle do carro. Outra boa novidade é o ajuste adaptativo do assento, que permite colocar a altura na tela multimídia ou em um aplicativo, fazendo com que o carro se adapte da melhor maneira para acomodar o motorista.

Merc2 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O motor dos dois carros será um 3.0 de seis cilindros em linha, disponível em versão com tração dianteira e com tração integral na conversível e apenas integral na cupê. A versão conversível possui 360 cv e 51,0 kgfm, com o cupê tendo 430 cv e 53,0 kgfm.

A Mercedes não anunciou preço, entretanto disse que os dois modelos devem começar a ser vendidos na Europa durante o terceiro trimestre e apenas no final do ano na América do Norte.