Topo

Testes e lançamentos


Audi anuncia novo Q3 a partir de R$ 179.990; e-tron tem pré-venda iniciada

Audi Q3 2020 - Rodrigo Mora/UOL
Audi Q3 2020 Imagem: Rodrigo Mora/UOL

Rodrigo Mora

Colaboração para o UOL

18/11/2019 11h35

A Audi abriu hoje, à 0h, o período de pré-venda do Q3, porta de entrada à gama de utilitários da marca. A segunda geração do SUV será oferecida em três versões, partindo de R$ 179.990 - preços das demais não foram divulgados, nem as nomenclaturas, que "devem", de acordo com executivos da marca, manter a sequência padrão dos demais modelos: Prestige, Prestige Plus e Performance.

Motor 1.4 turbo de 150 cv e 25 kgfm de torque, câmbio automatizado de dupla embreagem e seis marchas, controle de cruzeiro adaptativo, banco traseiro corrediço e painel de 10,2 polegadas são algumas das armas do Q3 para enfrentar Volvo XC40, BMW X1 e Mercedes GLA - esses últimos defasados em relação ao Audi.

Produzido em Gyor, na Hungria, o novo Q3 foi o último modelo da Audi a ser construído sobre a plataforma MQB. Maior, se destaca agora pelo porta-malas de 530 litros, ampliáveis para 675 litros quando o banco traseiro estiver na posição mais à frente.

Rodrigo Mora/UOL
Imagem: Rodrigo Mora/UOL

Vale lembrar que o Q3 estreou no mercado brasileiro em 2013. Em 2016, passou a ser produzido em São José dos Pinhais, no Paraná. Foram mais de 25 mil unidades do Q3 comercializadas nos quase sete anos de vendas da primeira geração (ainda restam unidades em estoques, com preços oficiais de R$ 159.990 a R$ 188.990).

Exclusivo da pré-venda

Para estimular os pedidos pelo no Q3, que chega oficialmente no início de 2020 às concessionárias, a Audi promete "supervalorizar" o usado que entrar na troca em até R$ 10 mil. A garantia será de quatro anos.

Rodrigo Mora/UOL
Imagem: Rodrigo Mora/UOL

E no embalo da pré-venda do Q3, a Audi também já aceita encomendas do e-tron, por R$ 459.990.

Também há garantia de quatro anos, mas para as baterias do primeiro SUV elétrico da marca são oito anos. Quem se antecipar também terá como benefício quatro revisões inclusas e valorização do usado de até R$ 20 mil. De quebra, leva um carregador residencial adicional.

Testes e lançamentos