Topo

Testes e lançamentos


Volkswagen Amarok V6 tunada chega aos 310 cv; conversão custa R$ 24.900

Divulgação
Preparação da Oettinger é feita no Brasil e tem garantia de até dois anos Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-05-09T15:21:06

09/05/2019 15h21

Resumo da notícia

  • Preparação da Oettinger leva picape a 280 cv ou 310 cv
  • Preço da conversão é de R$ 19.900 ou R$ 24.900
  • Mudanças incluem maior pressão nas turbinas

A Strasse, representante da preparadora Oettinger no mercado brasileiro, lançou uma versão envenenada da Amarok V6. São oferecidas duas opções de preparação, que incluem mudanças visuais e mecânicas.

Na aparência, a picape ganha itens como para-choque traseiro pintado na cor da carroceria e capota marítima em alumínio. Já na mecânica a empresa faz mudanças na central eletrônica do veículo, aplicando maior pressão nas turbinas e mudando a programação do câmbio.

Assim, a picape pode chegar aos 280 cv e torque máximo de 61,2 kgfm -- antes os 225 cv e 56,1 kgfm originais de fábrica. A configuração mais potente leva a Amarok aos 310 cv e 66,3 kgfm. De acordo com a preparadora, a picape precisa de 7,7 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h e atinge a velocidade máxima de 197 km/h, limitada eletronicamente.

Tem desconto

O preço da preparação é de R$ 19.900 na versão mais "branda" e R$ 24.900 no caso da configuração mais potente. É possível também comprar a picape 0km já pronta e preparada com um bônus especial de lançamento de R$ 3.000 -- a empresa não divulgou o valor do veículo.

Todos os serviços são feitos no Brasil com certificação oficial da matriz da Oettinger e têm garantia de até dois anos ou 50 mil quilômetros rodados.

+ Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Errata: o texto foi atualizado
As mudanças no câmbio incluem alterações na programação da transmissão, e não na relação de marchas.

Mais Testes e lançamentos