Topo

Carros elétricos


Honda contra-ataca Toyota e anuncia três híbridos para Brasil. Quais são?

Honda CR-V Hybrid: 184 cv de potência e consumo de 23 km/l de gasolina - Divulgação
Honda CR-V Hybrid: 184 cv de potência e consumo de 23 km/l de gasolina
Imagem: Divulgação

Alessandro Reis, Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em Itirapina e São Paulo (SP)

27/03/2019 13h23

Resumo da notícia

  • Carros híbridos serão vendidos em 2023
  • Modelos não serão feitos no Brasil
  • Toyota larga à frente este ano com Corolla Híbrido Flex
  • CR-V, Accord e Insight são boas apostas da Honda para híbridos

Você já sabe que a Toyota (que já vende o híbrido Prius no país desde 2012) vai apostar forte neste tipo de motorização aqui no Brasil, já a partir deste ano: será mostrada no segundo semestre a nova geração do Corolla com configuração híbrida e flex, um marco global e que deve provocar grande reação no mercado nacional. Pois a rival Honda sabe que precisa ter uma resposta e anunciou, nesta quarta-feira (27), que terá três modelos híbridos por aqui.

"Assumimos o compromisso de vender três modelos de configuração híbrida na região até 2023", afirmou o presidente da Honda South America, Issao Mizoguchi, que também é o chefão da marca para o Brasil. Essa fala aconteceu durante a apresentação à imprensa da fábrica da Honda em Itirapina (SP), que foi finalmente aberta em fevereiro, após passar três anos trancada aguardando os efeitos da crise econômica reduzirem sua influência sobre o mercado automotivo local.

Mizoguchi, porém, não quis cravar quais seriam os três modelos, nem quando a chegada do primeiro ocorrerá. UOL Carros, porém, faz suas apostas.

Que tal um SUV híbrido?

Sem fabricação local, custos de qualquer modelo híbrido tendem a ficar elevados -- ainda que a nova tabela de IPI tenha "pegadinhas" para motorizações alternativas que não sejam 100% elétricas.

Por conta disso, a Honda deve apostar em modelos cujo custo de importação seja redimido, em parte, pelo valor já elevado do modelo em si. Ou seja, não vemos uma chance, a princípio, de termos uma configuração híbrida de carros compactos como o Fit ou o HR-V. A Honda deve, acreditamos, apostar mesmo em modelos médios e médio-grandes importados.

Também faz sentido surfar a onda de SUVs como modelos preferidos do comprador brasileiro. E, claro, se posicionar nos segmentos já usados pela concorrência.

Com isso, acreditamos que um modelo com grande potencial de chegar ao Brasil é o CR-V Hybrid.

O novo CR-V a gasolina é importado ao Brasil desde 2018. Essa quinta geração é fabricada sobre a mesma base do Civic 10, chega na versão Touring, com motor 1.5 turbo de 190 cavalos e 24,7 kgfm, além do câmbio CVT e tração integral, por R$ 180 mil.

Já o CR-V Hybrid usa o motor 2.0 a gasolina (ciclo Atkison) aliado a motor elétrico e baterias de íons de lítio. Câmbio é o e-CVT, um CVT reprogramado, e opção de tração dianteira ou integral. O sistema eletrificado entrega um total de 184 cv e 32,12 kgfm, mas com baixos índices de emissões. O consumo promete ser de até 23 km/l de gasolina.

No exterior, o CR-V Hybrid parte de US$ 38 mil, equivalente a R$ 136 mil, enquanto o Touring semelhante ao importado ao Brasil parte de US$ 32.750 (R$ 130 mil).

Honda Insight seria híbrido para revidar Prius e novo Corolla Flex - Divulgação
Honda Insight seria híbrido para revidar Prius e novo Corolla Flex
Imagem: Divulgação

Sedã e "híbrido com cara de híbrido"

Também pode estar no radar um sedã, para tentar revidar o impacto do Corolla Híbrido Flex. Neste caso, a Honda tem algumas opções, mas o mais próximo do nosso mercado seria o Accord Hybrid, que usa o mesmo trem-de-força do CR-V citado acima.

Sua estimativa de consumo é de 24 km/l, ligeiramente superior àquela do CR-V. Já o preço é o equivalente a R$ 151 mil, sem contar impostos, taxas ou lucros.

No Brasil, o Accord começou a ser vendido em sua nova geração, na versão Touring, por R$ 198.500, com o motor 2.0 turbo da mesma família (mas no ciclo Otto), rendendo 256 cv e 37,7 kgfm.

Se a ideia for ter um "sedã híbrido com cara de híbrido", para enfrentar o Prius, o Insight de nova geração se vale de motor 1.5, câmbio e-CVT, e entrega de 151 cv e 27,23 kgfm. Seria uma opção mais potente que o Prius e na medida para encarar até mesmo o novo Corolla. O preço no exterior equivale aos R$ 110 mil, neste caso.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros.

Mais Carros elétricos