Topo

Testes e lançamentos


CES 2019: Nissan confirma Kicks e Sentra híbridos no Brasil; X-Trail espera

Nissan Kicks híbrido já roda agora em 2019 e será vendido logo no começo de 2020 - Arte UOL Carros/Divulgação
Nissan Kicks híbrido já roda agora em 2019 e será vendido logo no começo de 2020
Imagem: Arte UOL Carros/Divulgação

Jorge Moraes

Colaboração para o UOL, de Las Vegas (EUA)

12/01/2019 08h00

Estratégia da marca é se reforçar entre SUVs pequenos e encarar novo Corolla entre sedãs

A CES, feira de tecnologia em Las Vegas que cada vez mais de carros, transporta você para um lugar do planeta habitado por gente que não olha para trás. Um lugar habitado por start-ups do futuro e por empresas que lançam produtos de tecnologia palpável. A Nissan "mostrou o invisível" em duas aulas, mas também foi firme na chegada do elétrico Leaf e+, de maior autonomia (cerca de 380 quilômetros, 40% a mais) e definição de preços e vendas até o fim do semestre só para os Estados Unidos. O carro já circula no Japão.

Marco Silva, presidente da Nissan do Brasil, estava na plateia, e traduzia "a invisibilidade visível" pregada pela marca. Ferramenta na tela dos veículos vai auxiliar o motorista em diversas situações. Em dias de chuva, por exemplo, com visão comprometida, o sistema faz uma leitura de rota, identifica o que pode vir pela frente e, na regra, aponta o caminho para você se dar bem.

Outro barato é seu uso na procura por vaga para estacionar em lugares disputados. Isso vai deixar de ser problema porque a tecnologia rastreia até mesmo o movimento de saída de outros veículos e o motorista vai conseguir ter mais sossego ao parar.

Autônomo Nível 4. Todo mundo só fala disso no pavilhão norte da CES. Nessa configuração o carro já não vai depender do homem para se deslocar na cidade ou nas rodovias (o nível 3, que já é testado e instalado por várias fabricantes, mas ainda não é permitido pelas autoridades, permite largar o volante totalmente na estrada, em velocidades menores).

Em junho do próximo ano, no Japão, a montadora vai colocar um veículo com esta capacidade nas ruas.

Infelizmente o Brasil não se adequa, ainda não tem legislação sobre o tema, muito menos infraestrutura de sinalização para você ouvir as crianças gritarem: "o motorista sumiu".

Mas isso tudo é só um resuminho básico pra gente entrar em outra história. Essa mais interessante para nossa realidade:

Kicks e Sentra híbridos e mais planos

Está confirmadíssimo o Kicks e-Power para o Brasil, em 2020. Será a grande investida da marca no mercado. É a nova fase do planejamento global de eletrificação e mobilidade da empresa. Marco Silva falou que a meta da Nissan em 2022 é vender por ano, em todo mundo, um milhão de unidades elétricas e híbridas.

O plano de testes já estará rodando pelas ruas brasileiras agora em 2019. O namoro mecânico entre o motor elétrico e o gerador a combustão é um caso de amor inseparável: o Kicks e-Power é traduzido como um SUV compacto híbrido.

Mas percebi também que o objetivo não para no suvinho. O projeto promete incluir o Sentra como modelo híbrido para concorrer com o futuro Corolla Altis nessa mesma categoria.

Entre os elétricos, o Leaf, em pré-venda desde o Salão do Automóvel de São Paulo por R$ 178.400, já chegou à marca de 15 unidades. "Nossos estudos estão no caminho certo", disse Silva.

March e Versa vão passar por mudanças em 2020 com alterações de design e conectividade, afirmou também o presidente.

Só a chegada do X-Trail, que também seria híbrido, ficou para depois. O SUV, também apresentado no Salão de SP, foi aprovado, entrou na rota, mas os japoneses vão esticar um pouco mais a sua chegada.

* Jorge Moraes é jornalista, influenciador digital, jurado do Prêmio UOL Carros e fala sobre tecnologia em automóveis. Viagem a convite da Ford

Mais Testes e lançamentos