Topo

Testes e lançamentos


Chevrolet Prisma 2020 roda quase pronto em SP; veja flagra

Entre nós: Chevrolet Prisma 2020, substituto para Prisma e Cobalt atuais, roda pronto na Grande SP - UOL
Entre nós: Chevrolet Prisma 2020, substituto para Prisma e Cobalt atuais, roda pronto na Grande SP
Imagem: UOL

Vitor Matsubara, Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em São Paulo (SP)

11/01/2019 13h28

De porte avantajado, modelo é global e chega até o final de 2019 para substituir Prisma e Cobalt

Pode ter certeza de que 2019 será um ano com muitas, muitas informações e imagens circulando sobre novidades da General Motors aqui no Brasil. Não à toa: a marca lidera o mercado de carros há quatro anos com o Chevrolet Onix, e 2019 será o ano de fazer 11 lançamentos, incluindo a nova geração do compacto.

Não só ele, claro: o sedã derivado Prisma também muda -- e já está entre nós.

Se o novo Onix já havia sido flagrado em outubro passado, só agora UOL Carros viu o novo Prisma de pertinho: a nova geração do três-volumes foi avistada circulando entre o corredor formado pela avenida Bandeirantes (na Zona Sul da cidade de São Paulo) e o acesso à rodovia Anchieta, que interliga a capital, ABC Paulista e litoral. A placa, aliás, era de São Caetano do Sul (onde está a sede da GM do Brasil), indicando o motivo do sedã estar circulando por ali.

Essa imagem dá uma ideia do porte maior desse novo Prisma, que também deve tomar espaço do Cobalt - UOL
Essa imagem dá uma ideia do porte maior desse novo Prisma, que também deve tomar espaço do Cobalt
Imagem: UOL

Modelo global

Curiosamente (acredite você em "flagrantes" ou em "orquestração de ações de marketing"), esta sexta-feira foi o dia em que Mark Reuss, executivo que chefia a General Motors Company e também o departamento de desenvolvimento de produtos globais da GM, anunciou o lançamento de nova família de global de carros este ano.

Reuss está abaixo apenas de Mary Barra na hierarquia global da GM, sendo a pessoa que dá avala para que os produtos sejam criados ao redor do mundo. Segundo ele, esta família será vendida em 40 países e vai representar um em cada cinco carros vendidos pela GM no mundo até 2023 (ou 75% do volume das vendas na América do Sul e 20% das vendas na China, por exemplo). Embora o executivo não crave o nome da família ou dos modelos, fica claro para UOL Carros que trata-se do projeto de modelos compactos da plataforma GEM, da qual Onix e Prisma fazem parte e que também inclui um SUV compacto.

"Os novos modelos vão oferecer visual atrativo, elevada eficiência energética e excelente dirigibilidade, além das mais avançadas tecnologias de conectividade e segurança, muitas delas inéditas em seus respectivos segmentos", afirmou Reuss em sua declaração.

Como ele é

Camuflagem leve esconde pouco e confirma bastante: o modelo visto tem total relação com o "Onix Sedan" revelado também em outubro de 2018 pelo site chinês "Auto Home".

Melhores imagens são as de traseira, embora também tenhamos visto o modelo frontalmente. E elas explicitam que o Prisma 2020 usará a nova linguagem de design da GM, de "dupla de elementos". Traduzindo: teremos um "mini-Cruze", com lanternas traseiras sendo divididas pela abertura da tampa do porta-malas.

Ainda na traseira, o para-choque amplo e bojudo terá um falso difusor em plástico (antracite), na forma de U invertido, que servirá para dar um toque jovial e esportivo, ao mesmo tempo em que servirá de suporte de placa. Vincos e dois refletores do tipo "olho de gato" complementam as laterais, dando porte ao conjunto.

Faróis saltados e com dois elementos de iluminação; grade em dois níveis, com gravatinha dourada ao centro - UOL
Faróis saltados e com dois elementos de iluminação; grade em dois níveis, com gravatinha dourada ao centro
Imagem: UOL

Na parte frontal, foi possível notar que esta linguagem visual também está presente: com faróis salientes, "altos", com dupla divisão interna (ainda de não conseguirmos notar uso de algum tipo de iluminação por LED, apenas lâmpadas comuns), bem como pela dupla grade frontal (um filete metálico mínimo, onde está a gravatinha dourada da Chevrolet, divide uma leve tomada de ar superior da enorme "boca" hexagonal inferior). Também é possível observar, nas laterais do para-choque frontal, elevações e vincos que abrigam outro nicho revestido de plástico -- nas imagens divulgadas na China em 2018, vemos que as peças simulam apenas tomadas de ar, quando poderiam ter alguma espécie de LED diurno.

Citamos o Cruze, porque é o exemplo mais próximo e conhecido do nosso mercado com este visual, mas a influência vem dos irmãos maiores Malibu (sedã médio-grande não vendido em nosso mercado) e Equinox (o já conhecido SUV médio).

Traseira do "New Prisma" remete bastante à do "sedãzão" americano Malibu - Auto Home
Traseira do "New Prisma" remete bastante à do "sedãzão" americano Malibu
Imagem: Auto Home

Avantajado

Também foi possível notar o porte avantajado desse novo modelo em relação ao Prisma atual, que tem 4,28 metros, com 2,52 m de espaço entre-eixos. Isso porque, de fato, o novo modelo será bem maior.

Segundo o chinês "Auto Home", essa nova geração do sedã terá terá 4,47 metros de comprimento e 2,60 m de entre-eixos. Nossa grande aposta, como dito, é que ele substitua até mesmo o Cobalt, que tem apenas 1 centímetro a mais no comprimento, com só 2 cm a mais de espaço interno.

Nova geração do Chevrolet Prisma sem nenhum disfarce em derivação chinesa - Auto Home
Nova geração do Chevrolet Prisma sem nenhum disfarce em derivação chinesa
Imagem: Auto Home

Mas, por ser muito maior, esse Prisma 2020 deve permitir que a GM mantenha a plataforma do sedã atual em linha, com a versão Joy, para seguir firme nas vendas.

Motor

Também já apontamos que a nova linha de compactos da GM finalmente trará uma nova linha de motores: a "Família CSS", sempre com três-cilindros. Assim como as novas gerações de Onix e Prisma, esses motores serão fabricados em Gravataí (RS).

Pelas informações já obtidas, as opções de capacidade e potência serão: 1.0 aspirado, em torno de 90 cavalos; 1.2/1.3 aspirado, com cerca de 105 cv; 1.0 turbo, com cerca de 120 cv.

Câmbios serão mantidos: manual ou automático de seis marchas, com calibração aprimorada para o novo conjunto.

Também espera-se que os novos modelos já incluam algumas opções avançadas de segurança, como controles de tração e estabilidade, que já fazem parte do pacote de itens de concorrentes mais recentes. E a integração do sistema de entretenimento e da central OnStar com som premium e com tecnologia de internet 4G usando um chip no próprio carro, como anunciado no último Salão do Automóvel de São Paulo.

Testes e lançamentos