PUBLICIDADE
Topo

Primeira Classe

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

VW Play: por que central multimídia fará você esquecer do seu smartphone

VW Play, central multimídia do Nivus - Divulgação
VW Play, central multimídia do Nivus Imagem: Divulgação
Rafaela Borges

Rafaela Borges é jornalista automotiva desde 2003, com passagens por Carsale e Estadão. Escreve sobre o mercado de veículos, supercarros, viagens sobre rodas e tecnologia.

Colunista do UOL

08/02/2021 04h00

Desenvolvida no Brasil, a central multimídia VW Play, que estreou no Nivus e agora também está no T-Cross, foi criada para ser uma espécie de smartphone a bordo. Mas por que usar o recurso, em vez do próprio smartphone?

A central multimídia tem muitas vantagens. Mas, antes de listar as razões para, a bordo, trocar o smartphone pela VW Play, vou contar o que esse dispositivo oferece.

Sensível ao toque, a tela da central multimídia tem interface bem parecida com as dos smartphones, embora seja horizontal. Arrastando o dedo pela tela, o motorista visualiza, em três "páginas", todos os recursos que ela oferece.

Porém, do lado esquerdo, também há entradas diretas para mídia, telefone e para a página de aplicativos nativos, entre outras funções. Os apps, aliás, são grande destaque da VW Play.

A montadora colocou na lista muitos aplicativos que estão diretamente relacionados aos carros. O destaque é o Waze, que na versão da VW Play tem usabilidade idêntica à do smarphone - inclusive no teclado.

Outro app útil patra quem está dirigindo é o Estapar - Zona Azul. Por meio dele, é possível encontrar uma vaga de estacionamento em zona azul e fazer o pagamento pelo próprio aplicativo.

Outro recurso interessante é o app da Porto Seguro, para que clientes da seguradora possam acionar socorro. Já o "Meu Volkswagen" é um manual digital do carro. Por meio de comandos de voz, o motorista obtém diversas informações sobre o veículo.

Por que usar o VW Play no lugar do smartphone?

Esta foi a pergunta que fiz na primeira vez em que testei o Nivus. Parecia mais fácil recorrer a meu próprio telefone. Porém, na última avaliação com o carro, usei durante um mês a versão topo de linha, Highline.

Com isso, fui me acostumando ao VW Play, e percebendo que essa central (que também está disponível na opção de entrada, Comfortline) pode ser uma grande aliada no dia a dia. É fácil de usar, com teclado digital igual ao da maioria dos smartphones.

Usar o Waze é bem mais vantajoso com o VW Play. Como a tela é maior, dá para visualizar melhor o mapa. Além disso, não há preocupação com o transporte de suportes ou ventosas para apoiar o smartphone.

Mas o melhor mesmo é poupar a bateria. O Waze é um app que consome bastante a energia do aparelho móvel. Além disso, é um recurso pesado. Com o aplicativo nativo no carro, é só desinstalar o Waze do telefone.

O mesmo vale para os apps Porto Seguro e Estapar. O VW Play vem ainda com um aplicativo que reúne audio books e podcasts. Esses recursos ajudam bastante a passar o tempo em viagens e no trânsito das grandes cidades.

Para que os apps que têm função de compra (como Audio Books e Estapar) não possam ser usados por outras pessoas, a VW Play traz o modo valet, que só pode ser desabilitado por meio de uma senha. A central tem ainda capacidade de 10 Giga para armazenamento de músicas, vídeos e podcasts.

Só faltou em carros tão conectados: nem Nivus nem T-Cross têm carregador de celular por indução (sem fio), que livra o motorista de ter de levar sua própria fonte para fazer a recarga. Nos dois carros, há apenas entradas USB para esse fim.

Para usar os aplicativos, é preciso conectar o VW Play à internet do smartphone.