PUBLICIDADE
Topo

Jorge Moraes

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Blazer elétrica será o carro mais imponente da Chevrolet no Brasil em 2024

Divulgação
Imagem: Divulgação
só para assinantes
Jorge Moraes

Jornalista, Jorge Moraes trabalha com o segmento automotivo desde 1994. Presente nos principais salões internacionais, é editor do caderno de Carros no Diário de Pernambuco, diretor e apresentador do programa Auto Motor na Band, e âncora do programa CBN Motor na rádio CBN Recife.

Colunista do UOL

04/08/2022 04h00

Eis que está pronto o melhor da nova geração visual da Chevrolet. Sabe quando você olha para aquele relógio top e solta a cantada de compra? Com o Blazer EV será da mesma maneira em 2024. Você vai olhar de ponta a ponta, com dinheiro para isso, claro, e "viajar" no estilo do design, cabine e motorização.

Uma nova onda elétrica nasceu aqui em Detroit e será espalhada pelo mundo da GM como parte da nova estratégia da marca de ofertar veículos zero emissão, além de ingressar no segmento de maior crescimento global. A marca será 100% elétrica nos EUA em 2035.

O SUV elétrico da Chevrolet destaca um design limpo e esportivo com o ingresso da tecnologia do super cruise, que permite uma condução autônoma (sem as mãos) e o conjunto de baterias da plataforma Ultium - peça que promete durar o tempo de vida útil do veículo.

Os brasileiros do time da GM dos EUA, Eduardo Okamoto e Raphael Mollina, este último entrevistado por UOL Carros, revelou que o Blazer de antigamente também serviu como referência para inspirar e mudar, com herança de performance da Chevrolet, o conceito do carro reunindo muito das novas tecnologias e dos automóveis de corrida, por exemplo.

Mollina reforçou que o veículo é atlético, tem design expressivo e permitiu rodas maiores que garantem uma presença de rua gigante. "Sem adornos estéticos desnecessários no SUV, que é Full LED para tudo, e destacamos as animações do modelo".

O esquema de baterias vai gerar no motor elétrico 560 cavalos de potência e permitir 530 quilômetros de autonomia com a pegada do 0 a 100 km/h em menos de 4 segundos (3,8 s) - informação de relevância para o sucesso do veículo na multiplataforma Ultium. A tração é integral AWD com opção de rodagens aro 21 e 22 polegadas.

Entre as versões disponíveis estarão a RS, focada em design, e a SS, de mais performance. Será a primeira vez que a marca terá um veículo elétrico com essa proposta. Isso porque você ainda vai conhecer ou ouvir falar do crossover Lyric, da Cadillac. Ah, e não esqueça de valorizar o visual da traseira do SUV com as lanternas do tipo bumerangue.

O Blazer SS (AWD) foi projetado para entregar mais de 560 cv de potência e superar os 90 kgfm de torque. Carro também oferece a regeneração de energia através do freio ou do único pedal só o acelerador. Sem esquecer de batizar o sistema de Regen Braking, que além da frenagem gera energia em impulsos para a frente. O modo de condução mais esporte será opção sua. Vamos esperar o drive.

Internamente, o novo cliente encontrará performance e nas duas telas frontais, uma de 11 polegadas que serve ao cluster e a outra para assistência dos ocupantes da cabine de 18 polegadas. São juntas e tomam conta do painel. Bancos elétricos e comandos de aproximação para abertura das portas com as chaves não seria novidade. Mas você poderá comandar muito pelo smartphone.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.