PUBLICIDADE
Topo

Jorge Moraes

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Novo Renegade já circula disfarçado e deve dispensar motor diesel para 2022

Conteúdo exclusivo para assinantes
Jorge Moraes

Jornalista, Jorge Moraes trabalha com o segmento automotivo desde 1994. Presente nos principais salões internacionais, é editor do caderno de Carros no Diário de Pernambuco, diretor e apresentador do programa Auto Motor na Band, e âncora do programa CBN Motor na rádio CBN Recife.

Colunista do UOL

15/10/2021 11h00

Se cabe protesto eu não sei, mas as mulas (carros disfarçados) que circulam no entorno da fábrica deram os sinais de mudança do novo Jeep Renegade. O motor do reestilizado SUV será o 1.3 turbo de 185 cavalos de potência para atender o modelo 2022 - que aposentará o propulsor a diesel de toda a gama.

O atual motor a diesel vende pouco ante ao 1.8 litro aspirado e flex, mais em conta, e creio que essa rotina não deverá ser alterada com a chegada do novo propulsor. Alguns rumores sinalizavam para o ingresso do 1.0 turbo de 130 cavalos do Fiat Pulse, mas nossa fonte desmentiu o boato.

O Renegade 2022/23, observe nas fotos cedidas por Bruno Arthur, do blog Mundo Drive, receberá retoques na grade frontal, redesenhando as sete fendas, e o para-choque acompanha o novo corte. A rodagem permitirá um toque a mais na decoração, e as lanternas traseiras em LED ganharam um redesenho dentro do formato quadrado.

Jeep Renegade 2022, flagrado pelo leitor Bruno Arthur em Pernambuco - Bruno Arthur - Bruno Arthur
Imagem: Bruno Arthur

Melhorou internamente ou será o mais do mesmo? Por dentro não vi a tela flutuante do Jeep Compass, mas o volante e outras pequenas peças afins serão compartilhadas.

O Jeep Renegade Trailhawk, modelo flagrado, será o mesmo sem o motor a diesel? Emplacará da mesma forma como nos Estados Unidos? Por lá eles usam o 2.4 litros a gasolina e com tração 4x4. A proposta será semelhante por aqui, com a aposta da nova propulsão no lugar do atual 2.0 diesel de 170 cv e caixa de nove marchas - câmbio que poderá ser mantido no flex para a versão off-road.

Quem ainda desejar a versão do SUV a diesel, da mesma família da picape Fiat Toro e dos Jeep Compass e Commander, deve optar pelo o carro atual, nas versões Moab, Longitude e Trailhawk.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.