PUBLICIDADE
Topo

Novo airbag 'autônomo' para motociclistas chega ao Brasil; conheça

Tech-Air 5 da Alpinestars é colete airbag que pode ser usado por baixo de qualquer jaqueta de moto - Divulgação
Tech-Air 5 da Alpinestars é colete airbag que pode ser usado por baixo de qualquer jaqueta de moto Imagem: Divulgação
Arthur Caldeira

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Colunista do UOL

10/10/2020 04h00

O novo airbag para motociclistas da Alpinestars acaba de chegar ao Brasil. Chamado de Air-Tech 5 é totalmente autônomo e independente da motocicleta, ou seja, não há nenhum cabo ligado à moto. Mas o grande diferencial é que o airbag em forma de colete pode ser usado por baixo de qualquer jaqueta projetada para andar de moto, desde que tenha ao menos 4 centímetros de folga ao redor do corpo. Isso é necessário para que, no caso de um acidente, haja espaço para o airbag inflar.

O colete não tem fios ou cabos, ligados à moto, e nem GPS. O Air-Tech 5 conta com uma central eletrônica que funciona como o cérebro do airbag, onde estão os algoritmos, que aliados à inteligência artificial, detectam uma colisão, ou uma queda. Os parâmetros para o acionamento do sistema foram colhidos ao longo de 20 anos de experiência da Alpinestars nas pistas da MotoGP.

colete airbag  - Divulgação - Divulgação
Colete é feito em tecido ventilado e traz protetor de coluna integrado
Imagem: Divulgação

Dados como a velocidade, aceleração e posição do piloto, entre outros, são monitorados em tempo real por seis sensores (três acelerômetros e três giroscópios). Esses dados são enviados para a central eletrônica que processa os dados e, com base nos algoritmos, aciona dois reservatórios que liberam gás argônio e inflam as bolsas do airbag em caso de acidente.

Segundo a Alpinestars, o airbag leva 40 milissegundos para ser inflado totalmente. O colete protege as costas, ombros, tórax, cervical e costelas e o também possui um protetor de coluna que, em conjunto com o sistema de airbag, reduz a força do impacto em um acidente em até 95%. Inflado, o airbag oferece proteção o equivalente a 18 protetores de coluna convencionais.

Bateria dura 30 horas

Uma bateria alimenta todos os sensores e tem duração de 30 horas, mais do que suficiente para um dia inteiro pilotando. O colete vem com um cabo USB para recarregá-lo na tomada, e a recarga dura cerca de quatro horas. Há ainda um indicador de LEDs, que sinaliza o funcionamento do sistema, e um fecho magnético que aciona o airbag.

airbag raiox - Divulgação - Divulgação
Quando inflado, airbag reduz a força do impacto em até 95%
Imagem: Divulgação

Ainda há Bluetooth no Tech-Air 5, para se conectar a um aplicativo para smartphones. O app mostra informações do airbag, carga da bateria, mas também registra seus passeios de moto e mantém o firmware do airbag atualizado.

Além de poder ser usado com qualquer jaqueta de moto, desde que a peça esteja folgada, o colete airbag também serve nas jaquetas e macacões Alpinestars compatíveis com o sistema Tech Air. O Tech-Air 5 já está à venda nas principais lojas de equipamentos para motociclistas e o preço médio é de R$ 6.300.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.