PUBLICIDADE
Topo

Lavagem a seco: como funciona a limpeza ecológica e prática do seu carro

Benê Gomes

Jornalista, produtor e roteirista, atua no setor automotivo desde 2001. É idealizador e diretor do programa Auto+, exibido pela RedeTV. Também dirige e apresenta o programa Momento Vox, no ar pela Band, e é colunista da rádio Transcontinental FM de São Paulo

Colunista do UOL

10/05/2020 04h00

O bom e velho hábito de lavar o carro no fim de semana é mais uma coisa que devemos repensar, afinal, a água é um bem cada vez mais precioso. Mas, mesmo assim, não precisamos abrir mão de algo tão tradicional em nossa cultura - muito divertido para quem gosta - que é o ritual de dar um trato no veículo. Uma solução bem simples e que vale conferir é a lavagem a seco.

Bem, sem esquecer que hoje, além da questão ambiental, temos outro argumento muito forte: nossa limitação para muitas atividades em função da quarentena provocada pelo Covid-19. Esse é mais um ponto que coloca a lavagem a seco como uma solução inteligente para a limpeza de carros e de bom senso até.

Atualmente temos vários produtos para esse tipo de lavagem, todos com preços acessíveis e, conforme a marca, com algumas promessas, como brilho diferenciado, camada de proteção... nesse ponto, vale seu gosto pessoal.

A partir disso, o que desperta a curiosidade é saber se há algum segredo para executar a lavagem a seco. Na prática, não existe nenhum mistério e, acredite, pode ser divertido também. Um cuidado básico antes de iniciar a limpeza é nunca estacionar o carro em local com sol direto. Ou seja, se não tiver uma garagem coberta, trate de procurar uma boa sombra. Mas isso, é verdade, não é novidade para quem está acostumado a lavar o carro no fim de semana.

Praticidade para a lavagem

Escolhido o produto que mais lhe agrada, você só precisa de dois panos de microfibra. A lataria pode estar seca ou molhada e não é necessário diluir o produto em água. Basta aplicar uma fina camada e começar a passar o pano suavemente para retirar a sujeira - sempre com movimentos circulares - e em seguida deixar secar por 10 a 15 segundos.

Como os especialistas recomendam, vale sempre começar a limpeza pela área superior da carroceria, seguindo depois para a parte inferior. Um cuidado adicional para facilitar o trabalho é evitar que a sujeira volte para a área onde já foi aplicado o produto.

Depois de fazer toda a limpeza, é hora de passar o pano seco para o acabamento final, quando você pode dar aquela puxada no brilho. A nossa experiência foi com um lava a seco que promete agir também como cera, criando uma película que pode reduzir em até 70% a retenção de sujeira e água na carroceria. Esses frascos de lavagem a seco contam com 500 ml, quantidade suficiente para até seis lavagens de carros compactos, segundo o fabricante.

Elimina os resíduos de insetos depois da viagem

Como é um produto feito para limpeza de superfícies pintadas e mais delicadas, o lava a seco é uma boa solução para remover gordura impregnada na carroceria. E vai muito bem na hora de retirar - sem riscar a lataria - aqueles resíduos de insetos que grudam na carroceria e na lente do farol depois de uma viagem pelo interior. Agora, claro, tudo funciona bem se você seguir os procedimentos recomendados pelo fabricante do produto.

Hoje a lavagem a seco já é bem popular, do lava-rápido do bairro até as fabricantes de veículos. Realmente é um trabalho simples, que faz bem ao meio ambiente e, o que é indiscutível, não tira o prazer de quem não abre mão de cuidar do carro no fim de semana.