PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Covid: 26,8 milhões de brasileiros completam vacinação, 12,67% da população

Brasil já tem mais de 26,8 milhões de pessoas que completaram a vacinação contra a covid-19 - Ernesto Carriço/Estadão Conteúdo
Brasil já tem mais de 26,8 milhões de pessoas que completaram a vacinação contra a covid-19 Imagem: Ernesto Carriço/Estadão Conteúdo

Colaboração para o VivaBem, em São Paulo

02/07/2021 20h02Atualizada em 02/07/2021 20h37

Nesta sexta-feira (2), o Brasil atingiu a marca de 26,8 milhões de pessoas com vacinação completa contra a covid-19. Até o momento, 26.822.047 brasileiros receberam a dose de reforço ou a dose única da Janssen, o equivalente a 12,67% da população nacional. O levantamento é do consórcio de veículos de imprensa, do qual o UOL faz parte, com base nos dados fornecidos pelas secretarias estaduais de saúde.

Há quatro tipos de vacinas disponíveis no Brasil. A recomendação dada pelos laboratórios responsáveis pela produção da CoronaVac, Oxford/AstraZeneca e Pfizer/BioNTech é de aplicar duas doses para o combate mais eficiente ao novo coronavírus. Já a fabricante da Janssen indica apenas uma dose para completar o processo de imunização.

Com relação às vacinas que precisam de duas doses, 1.001.467 pessoas receberam a primeira delas entre ontem e hoje. O total de vacinados nesta fase inicial chegou a 75.541.343, o que representa 35,67% da população do país. A dose de reforço foi aplicada em outras 154.431 nas últimas 24 horas. Neste mesmo período, 87.031 brasileiros foram vacinados com a dose única da Janssen.

Proporcionalmente, o estado de São Paulo permanece na liderança entre aqueles que mais aplicaram a primeira dose: 42,51% de sua população.

Mato Grosso do Sul é o estado que, em termos percentuais, conta com a maior parcela de seus habitantes com vacinação completa —ou seja, receberam a segunda dose ou a dose única: 18,83% da população local.

Vacinação parcial nos estados 2/7 - UOL - UOL
Vacinação parcial nos estados
Imagem: UOL

Municípios negam ter aplicado vacina vencida e culpam sistema de dados

Municípios negam terem aplicado doses vencidas de vacinas contra a covid-19. Os esclarecimentos sobre o caso foram apresentados após a Folha de S. Paulo publicar uma reportagem que mostrava a suposta utilização de imunizantes fora da validade em 1.532 cidades do país.

A Prefeitura de Maringá (PR), que lidera a relação com 3.536 pessoas vacinadas com essas doses, justificou que ocorreram divergências de dados no Sistema Conecte SUS.

"No começo da vacinação, a transferência de dados demorava a chegar ao Ministério da Saúde, levando até dois meses. Portanto, os lotes elencados são do início da vacinação e foram aplicados antes da data do vencimento. Concluindo, não houve vacinação de doses vencidas em Maringá e sim erro no sistema do SUS", disse Marcelo Puzzi, secretário de Saúde de Maringá.

Outras cidades também negaram terem usado os lotes quando estavam vencidos.

No levantamento realizado pela Folha de S. Paulo, a sala de vacina da Secretaria de Saúde de Maringá (PR) foi responsável por 3.023 dos 3.536 casos na cidade. Depois do município paranaense, aparecem Belém, com 2.673, São Paulo, com 996, Nilópolis (RJ), com 852, e Salvador, com 824. Outras aplicaram menos de 700 vacinas vencidas, sendo que a maioria não passou de dez doses, conforme o levantamento da Folha.

Vacinação completa nos estados 2/7 - UOL - UOL
Vacinação completa nos estados
Imagem: UOL

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de saúde das 27 unidades da federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Você utiliza a Alexa? O UOL fornece informações à inteligência artificial por voz da Amazon, com boletins de notícias e dados atualizados do número de brasileiros vacinados contra a covid-19. Para saber sobre a vacinação no país ou no seu estado com a credibilidade do UOL, pergunte: "Alexa, quantas pessoas já foram vacinadas no Brasil?", por exemplo, ou "Alexa, quantas pessoas foram vacinadas?". Nos encontramos lá!

Saúde