PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Influencer que morreu após lipo teve infecção generalizada; entenda quadro

Do VivaBem, em São Paulo

24/01/2021 13h44

A influenciadora digital Liliane Amorim, internada na UTI desde o último dia 17 por complicações de uma cirurgia de lipoaspiração, morreu na manhã de hoje. Ela, que tinha 26 anos e deixa um filho, estava internada no no hospital Unimed de Juazeiro do Norte (CE).

Segundo uma amiga ouvida pelo UOL, ela teve um quadro de infecção generalizada (também chamada de sepse). Liliane, que tem 112 mil seguidores no Instagram e é também empresária, havia passado por cirurgia de lipoaspiração no último dia 9. Seis dias depois, foi internada em razão de complicações.

O que é?

A infecção generalizada é uma doença que resulta de uma reação exagerada do corpo a algum tipo de infecção causada por vírus, bactéria ou fungo.

As causas mais comuns são abscessos dentários, infecções urinárias, apendicite, infecções de pele (causadas por machucados) e pneumonia — causa mais comum, já que o pulmão é uma área altamente vascularizada do corpo, o que facilita a bactéria (no caso, a pneumococo) a cair no sangue.

Quando o desequilíbrio não é corrigido, a doença pode causar a incapacidade do sistema circulatório em fornecer fluxo sanguíneo adequado para atender às necessidades de oxigênio e nutrientes, que resulta na incapacidade em manter a pressão arterial e na diminuição na perfusão sanguínea para os órgãos vitais, causando disfunção única ou múltipla de órgãos e sistemas.

O diagnóstico rápido é extremamente importante para que os danos possam ser controlados e amenizados. Após a confirmação, indica-se o uso de antibiótico já dentro da primeira hora da definição do diagnóstico, além de soro para hidratação e normalização da pressão.

Quais os sintomas da sepse?

Os sinais dependem da doença que causou o quadro, mas outros sintomas requerem atenção:

  • Alteração da consciência
  • Aceleração da respiração (mais de 22 incursões respiratórias por minuto)
  • Pressão baixa.

Lipo é uma cirurgia e também tem riscos

Embora a lipoaspiração possa parecer um procedimento simples pela quantidade de celebridades que compartilham os resultados da operação, ela é uma cirurgia como outras e pode oferecer riscos. Para minimizar a chance de complicações, a SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) recomenda que sejam escolhidos cirurgiões plásticos especialistas com registro na SBCP.

Algumas complicações conhecidas da lipoaspiração são:

  • Flacidez na região aspirada e irregularidades na pele (especialmente se o paciente já apresenta excesso de pele)
  • Dor e inchaço
  • Necrose por falta de circulação sanguínea adequada
  • Sangramentos
  • Infecções
  • Perfuração de vísceras (embora seja muito raro seguindo as regras de segurança estipuladas pelo CFM)
  • Embolia pulmonar gordurosa (também raro)

Por isso, é importante que a cirurgia seja realizada em ambiente hospitalar, a fim de promover maior segurança para os pacientes.

O cirurgião plástico também deve explicar, em detalhes, os riscos associados à cirurgia, assim como os cuidados que você deverá tomar antes e depois. É essencial que você se sinta confortável com o médico escolhido e que possa recorrer a ele em qualquer momento durante o processo.

* com informações de reportagem publicada por Giulia Granchi em 18/01/2021 e matéria publicada em 07/11/2019.

Saúde