PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Paulo Guedes aparece com caspa no paletó; saiba como tratar

Quadro não está relacionado, necessariamente à falta de higiene - Adriano Machado
Quadro não está relacionado, necessariamente à falta de higiene Imagem: Adriano Machado

Do VivaBem, em São Paulo*

12/08/2020 12h44

O ministro da Economia Paulo Guedes chamou a atenção de algumas pessoas ao aparecer com caspas no paletó em vídeo gravado após a demissão dos secretários especiais de desestatização e privatização, Salim Mattar, e o de desburocratização, gestão e governo digital, Paulo Uebel.

Embora a reação de vários internautas nas redes sociais tenha sido de nojo, o quadro não é, necessariamente, causado por falta de higiene.

Paulo Guedes - caspa no paletó - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

A caspa é causada por uma inflamação chamada de dermatite seborreica, que ocorre principalmente nas regiões que contenham pelos, como face e couro cabeludo. A descamação da pele é causada pela desrregulação sebácea, e as manifestações mais frequentes são caracterizadas por intensa produção de oleosidade, descamação e coceira. Se a crise for muito intensa, pode causar queda de cabelo.

A inflamação está associada a baixas temperaturas, alimentação, consumo de álcool, oleosidade excessiva no couro cabeludo, genética, estresse e a proliferação exagerada de um fungo que as pessoas normalmente têm no cabelo.

A dermatologista do Hospital Federal de Ipanema, Márcia Senra, alerta que a doença também pode ser sinal de estresse. "Pessoas propensas a desenvolver caspa, quando estão muito estressadas podem apresentar uma descamação exagerada do couro cabeludo". A médica explica que para um diagnóstico e um tratamento certeiro é necessária uma avaliação médica.

"A dermatite seborreica no couro cabeludo costuma ser confundida com outra doença de pele chamada psoríase (lesões avermelhadas e descamativas, normalmente em placas, que aparecem, em geral, no couro cabeludo, cotovelos e joelhos). E quando ela dá no rosto ou perto do nariz, pode ser confundida com doenças mais graves como lúpus eritematoso (doença inflamatória autoimune, desencadeada por um desequilíbrio no sistema imunológico)."

Como tratar

Não existe tratamento para a cura definitiva, mas existem medicamentos e xampus específicos para a pele e o couro cabeludo capazes de controlar os sintomas.

"Quando a caspa está mais evidente pode-se lavar o couro cabeludo com produtos próprios. Também é importante usar água mais fria, porque a quente ajuda na produção de seborreia, piorando o problema", indica Senra.

Além disso, algumas estratégias e tratamentos naturais e hábitos de vida saudáveis, como não consumir alimentos gordurosos e podem ajudar no quadro.

*Com informações do Blog da Saúde, do Ministério da Saúde.

Saúde