PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Quais são os sintomas do coronavírus?

Febre, cansaço e tosse seca são sintomas provocados pelo coronavirus - iStock
Febre, cansaço e tosse seca são sintomas provocados pelo coronavirus Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

12/03/2020 17h00

Febre, cansaço e tosse seca: esses são os principais sintomas apresentados por pessoas com covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Alguns indivíduos também têm dores no corpo, coriza, congestão nasal, dor de garganta e diarreia. Além disso, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), uma em cada seis pessoas sente dificuldade para respirar.

Outros sintomas que podem aparecer são fadiga, dor articular, arrepios, náusea ou vômito, nariz entupido, tosse com sangue e olhos inchados.

Sintomas são mais graves em idosos

A covid-19 demonstrou ser mais grave em idosos e pessoas com diabetes, problemas cardiovasculares ou respiratórios, além de pessoas com o sistema imunodeprimido. Os idosos são mais vulneráveis aos vírus pois, a partir dos 60 anos, a capacidade do sistema imunológico tende a diminuir devido ao envelhecimento.

Coronavírus liga alerta pelo mundo

Em quanto tempo os sintomas aparecem?

Pesquisadores da Escola de Saúde Pública do Hospital Johns Hopkins (EUA) apontam que, em média, as pessoas demoram cinco dias para apresentar os sintomas do novo coronavírus após serem infectadas. No entanto, a doença pode ficar incubada até duas semanas depois do contato com o vírus.

Como se pega o coronavírus?

O novo coronavírus é transmitido por meio de secreções (gotículas de salivas, catarro). Portanto, você pode pegar a doença ao ter contato direto (apertar a mão, abraçar, beijar) com uma pessoa contaminada ou até mesmo ao tocar em algum objeto (botão do elevador, corrimão, computador, caneta) contaminado com as secreções dela.

Como prevenir contra a covid-19

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo a provocada pelo coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os cinco momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool, como álcool em gel.

  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.

  • Ficar em casa quando estiver doente.

  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.

  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Saúde