PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Tem vários filhos do mesmo sexo? Estudo diz que não é genética, mas "sorte"

Emma Watson, Florence Pugh, Saoirse Ronan e Eliza Scanlen como as irmãs March em Little Women - Divulgação/Vanity Fair
Emma Watson, Florence Pugh, Saoirse Ronan e Eliza Scanlen como as irmãs March em Little Women Imagem: Divulgação/Vanity Fair

Do VivaBem, em São Paulo

19/02/2020 18h10

Maior estudo já feito sobre o tema colocou um fim na teoria antiga de que a proporção sexual dos filhos é algo hereditário. De acordo com a pesquisa, publicada nesta quarta-feira (19) no periódico Proceedings of Royal Society B, ter muitos homens ou mulheres na família é apenas uma coincidência.

No geral, mais de 8,2 milhões de pessoas fizeram parte do estudo. Os pesquisadores avaliaram o sexo dos pais, filhos e primos de primeiro grau e concluíram que não há vínculos hereditários nesse quesito.

"Irmãos são geneticamente semelhantes. Portanto, se a proporção de filhos é herdada —isto é, influenciada por diferenças genéticas — os irmãos devem ter sexos similares", disse o co-autor da pesquisa Brendan Zietsch, da Universidade de Queensland. Mas não foi o que os cientistas encontraram.

Como o estudo foi feito

  • Os pesquisadores usaram dados de toda a população nascida na Suécia nascida em 1932 ou mais tarde, incluindo 3,5 milhões de indivíduos e seus 4,7 milhões de filhos.
  • Para investigar se a razão sexual dos filhos é influenciada pela variação genética, eles testaram a associação entre o sexo dos filhos e o sexo dos filhos dos irmãos.
  • Não foi detectada influência genética significativa na razão sexual dos descendentes e estimativa de hereditariedade foi zero.

Proporção aleatória

A equipe descobriu que as famílias com apenas dois filhos tendiam a ter um menino e uma menina, enquanto as famílias com mais filhos tendiam a ter filhos de ambos os sexos. Análises adicionais ainda mostraram que não é possível prever o sexo de uma criança baseado apenas no sexo de seus irmãos mais velhos.

O resultado, segundo a equipe, é que a proporção de sexo dos filhos é aleatória e não hereditária.

Antes que se pense que as conclusões são óbvias, os cientistas ficaram surpresos com os resultados. Segundo eles, quase todas as outras características complexas dos seres humanos mostram algum grau de hereditariedade.

Saúde