Topo

Abacate é aliado da perda de peso: veja outros 7 benefícios

Abacate é rico em gorduras boas e ajuda na saúde do coração, intestino e até dos olhos! - iStock
Abacate é rico em gorduras boas e ajuda na saúde do coração, intestino e até dos olhos! Imagem: iStock

Samantha Cerquetani

Colaboração para o UOL VivaBem

05/07/2019 04h00

Resumo da notícia

  • O abacate é rico em gorduras monoinsaturadas, fibras, vitaminas do complexo B, K e C, além de potássio e cobre
  • Por isso ele é importante para saúde do coração, intestino e olhos, além de ajudar quem quer emagrecer
  • O abacate não precisa ser apenas doce e para melhor conservá-lo, guarde a metade não usada com o caroço e vede um plástico-filme

O abacate é um alimento que já sofreu muitos julgamentos devido a sua quantidade de gordura, mas você sabia que a maior parte delas são monoinsaturadas, ou seja, fazem bem para o organismo?

As calorias do abacate dependerão do tamanho da fruta. Em 100 g do alimento, há 96 calorias e 8,4 g de gordura. Além disso, ele contém fibras, vitaminas do complexo B, K e C, além de potássio e cobre. Há muitos tipos diferentes de abacates, variando em cor, tamanho e forma.

Em uma dieta equilibrada, consumir o abacate ajuda a proporcionar diversos benefícios para o organismo. Por isso, coma uma quantidade moderada sem culpa e desfrute das vantagens nutricionais do alimento. Veja detalhes dos benefícios a seguir:

1. Pode diminuir a pressão arterial

O consumo de abacate ajuda a reduzir a pressão arterial. Isso acontece devido à presença de potássio no alimento. Esse nutriente ajuda no controle da hipertensão e diversos estudos mostram que ter uma alta ingestão de potássio reduz a pressão arterial, pois auxilia no tônus vascular. Sabe-se que o abacate apresenta três vezes mais potássio do que a banana e esse mineral combate também o sódio no organismo, reduzindo a pressão arterial.

2. Afasta o colesterol

Apesar de ser um alimento rico em gordura, o abacate ajuda a combater o colesterol ruim do organismo. A fruta possui gorduras insaturadas que agem diminuindo a absorção do colesterol no intestino e sua síntese pelo fígado. Sendo assim, auxilia no controle do colesterol LDL (colesterol ruim) e aumenta o colesterol HDL (colesterol bom), além de reduzir os níveis de triglicerídeos do organismo.

3. Faz bem para o coração

O abacate é um alimento com alto teor de gordura do tipo monoinsaturado, o que o torna um aliado do coração. Ele contribui para reduzir o colesterol ruim do organismo e diminuir a pressão arterial, que são os fatores de risco para as doenças cardiovasculares. E o óleo de abacate previne o desenvolvimento de lesões das artérias. O abacate é rico em fitosteróis, que são quimicamente semelhantes ao colesterol absorvido pelo organismo.

4. Diminui o cortisol, hormônio do estresse

A fruta possui também em sua composição uma substância antioxidante chamada glutationa, que é produzida naturalmente pelo organismo. Por isso, ao consumir o abacate a pessoa consegue reduzir o cortisol, o "hormônio do estresse". A fruta também ajuda a controlar a ansiedade devido ao potássio e ao lítio e também contribui para garantir uma boa noite de sono. A vitamina B3, encontrada no abacate, age no sistema nervoso contribuindo para a manutenção da produção de alguns hormônios que proporcionam uma sensação de relaxamento no organismo.

5. Contribui para o funcionamento do intestino

O abacate é fonte de fibras solúveis, ajuda na regularização do funcionamento do intestino. Além disso, as gorduras monoinsaturadas presentes no alimento podem auxiliar na lubrificação das fezes. Dessa forma, o consumo regular da fruta contribui para que a pessoa não fique constipada e facilita a hora da evacuação.

6. Faz bem para os olhos

O alimento possui antioxidantes como os carotenóides luteína e zeaxantina, que são extremamente importantes para a saúde dos olhos. O consumo dessas substâncias ajuda a reduzir o risco de doenças como catarata (que ocorre quando o cristalino fica opaco) e a degeneração macular (que leva a perda progressiva da visão). Por isso, comer abacate regularmente beneficia a saúde ocular a longo prazo.

7. Ajuda a perder peso

O abacate é uma fruta que aumenta a sensação de saciedade e, assim, adia a fome. Ele também diminui a carga glicêmica da refeição e ajuda a reduzir a inflamação nas células, o que pode resultar em menos gordura no corpo.

8. Previne a osteoporose

Os minerais presentes no abacate, como zinco, fósforo, cobre, cálcio e selênio são benéficos para os ossos, diminuindo o risco de osteoporose, pois aumentam a densidade mineral óssea. A osteoporose é um problema de saúde que deixa os ossos mais porosos, frágeis e quebradiços. Além disso, a fruta possui vitamina K e D, que juntas ajudam na regeneração dos ossos.

Benefício em estudo

- Pode prevenir o câncer e ajuda quem faz tratamento contra a doença: um estudo realizado em tubos de ensaio mostrou que o consumo do abacate ajuda a reduzir os efeitos colaterais da quimioterapia. E o extrato de abacate também contribui inibindo o crescimento de células de câncer de próstata, de acordo com uma pesquisa da Universidade da Califórnia (EUA). Mas ainda não foram realizados testes em humanos para comprovar esses benefícios.

Riscos e contraindicações

Não há contraindicação no consumo do abacate, mas é uma fruta que apesar dos benefícios é bastante calórica. Por isso, deve ser apreciada com moderação.

Há pessoas que podem ser alérgicas à fruta, mas costuma ser algo bastante raro. Em dietas específicas, onde se faz necessária a restrição de gordura ou calorias, o abacate deve ser evitado ou consumido esporadicamente. A quantidade ideal pode variar entre um abacate pequeno ou metade de uma fruta maior. A recomendação é consumir cerca de três vezes por semana.

Como consumir

O abacate é bastante versátil podendo ser consumido em receitas doces e salgadas. Uma forma bastante comum no Brasil é a vitamina de abacate com leite e açúcar batida no liquidificador. Muitas pessoas também gostam da fruta amassada com açúcar ou limão.

O alimento também ganhou popularidade na culinária mexicana com um prato conhecido como guacamole acompanhando os nachos. O abacate é amassado até virar quase um purê e acrescentam-se temperos como sal, azeite, limão, entre outros. A fruta também pode fazer parte de saladas e recheios de torradas.

Para quem gosta de ousar na cozinha, é possível inovar com uma maionese de abacate e fazer acompanhamentos de pratos com batatas, por exemplo. Você pode combinar abacate com verduras de folhas verdes, como couve e frutas como banana, abacaxi ou frutas vermelhas para preparar diversos smoothies.

Formas de conservação

Muitas vezes, o abacate não é consumido logo após a compra ou inteiro. A fruta escurece rapidamente depois de cortada. Por essa razão, é importante que o corte aconteça apenas na hora do consumo. Se for usar apenas a metade da fruta, guarde a outra parte na geladeira com o caroço e envolva com plástico-filme. Também é recomendado passar um pouco de limão na polpa. Não compre os muito maduros, pois tendem a estragar rapidamente.

Fontes: Edson Credidio, nutrólogo e professor da Pós-Graduação em Alimentos Funcionais e Bioativos da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas; Cintya Bassi, nutricionista do Grupo São Cristóvão Saúde e Marcela Voris, médica nutróloga da ABRAN.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube

Benefícios dos alimentos