Topo

Tudo sobre AVC

Sintomas e tratamentos da doença


Tudo sobre AVC

Perder 5% do seu peso já reduz riscos de doença cardíaca, AVC e diabetes

Como a perda de peso é tão difícil, a meta de emagrecer de 5 a 10% deve ser o alvo - iStock
Como a perda de peso é tão difícil, a meta de emagrecer de 5 a 10% deve ser o alvo Imagem: iStock

Do VivaBem

23/08/2018 10h26

A cada cinco brasileiros, um está obeso. Quando o assunto é sobrepeso, os números são ainda piores: 53,8% da população se encontra nessa faixa da balança. Enquanto o crescimento da obesidade é relacionado a diversos tipos de doenças, as pessoas tentam perder peso --uma tarefa difícil. Mas um novo estudo mostrou que não é preciso diminuir muito os dígitos da balança para ficar longe dos efeitos nocivos dos quilos extras.

Em uma pesquisa publicada no periódico Mayo  Clinic  Proceedings, pessoas que reduziram somente 5% a 10% do peso corporal diminuiram em 22% o risco de desenvolver síndrome metabólica, problema associado a doenças do coração, AVC e diabetes

Veja também:

Liderado por Greg Knell, pesquisador de pós-doutorado no Centro de Ciências da Saúde da Universidade do Texas em Houston, nos Estados Unidos, o estudo examinou dados de 7.670 adultos. As pessoas que perderam mais de 20% de seu peso se beneficiaram ainda mais. Esses indivíduos eram 53% menos propensos a ter síndrome metabólica.

"Se você está com sobrepeso ou obesidade, perder um pouquinho de peso é melhor do que nada. Mas as recompensas parecem ser maiores para aqueles que conseguem perder mais", diz Knell.

No entanto, o estudo também revelou como poucas pessoas são bem-sucedidas em seus esforços de perda de peso: 62% dos participantes foram incapazes de se livrar dos quilos extras.

"Como a perda de peso é tão difícil, a meta de emagrecer de 5% a 10% deve ser o alvo. Isso deve ser feito gradualmente, seguindo um estilo de vida saudável e com orientação de especialistas", sugere o autor.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube

Tudo sobre AVC