PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Cães podem farejar infecções de coronavírus, mostra estudo alemão

Imagem mostra cachorro bem de perto: cães podem identificar o novo coronavírus - Getty Images
Imagem mostra cachorro bem de perto: cães podem identificar o novo coronavírus Imagem: Getty Images

Iain Rogers

24/07/2020 10h22

Cães com alguns dias de treinamento são capazes de identificar pessoas infectadas com o novo coronavírus, de acordo com estudo de uma universidade de medicina veterinária da Alemanha.

Oito cães das Forças Armadas da Alemanha, treinados por apenas uma semana, foram capazes de identificar o vírus com precisão com uma taxa de sucesso de 94%, de acordo com um projeto piloto liderado pela Universidade de Medicina Veterinária de Hannover. Os pesquisadores desafiaram os cães a farejar a covid-19 na saliva de mais de 1.000 pessoas saudáveis e infectadas.

"Achamos que isso funciona porque os processos metabólicos no corpo de um paciente doente mudam completamente", disse Maren von Koeckritz-Blickwede, professora da universidade, em vídeo no Youtube sobre o projeto. "Achamos que os cães são capazes de detectar um cheiro específico."

Os cães, que têm olfato cerca de 1.000 vezes mais sensível que os humanos, podem ser usados para detectar infecções em locais como aeroportos, passagens de fronteira e eventos esportivos com o treinamento adequado, de acordo com os pesquisadores.

O estudo foi realizado em conjunto com as Forças Armadas alemãs, Faculdade de Medicina de Hannover e Centro Médico Universitário de Hamburg-Eppendorf.

A professora disse que o próximo passo será treinar cães para diferenciar amostras de covid de outras doenças como a gripe.

Saúde