PUBLICIDADE

Topo

VivaBem

Covid: SP lança laboratório móvel em contêiner para identificar variantes

Laboratório Móvel de Análises de variantes do coronavírus do Instituto Butantan - Sergio Andrade/Divulgação/Governo SP
Laboratório Móvel de Análises de variantes do coronavírus do Instituto Butantan Imagem: Sergio Andrade/Divulgação/Governo SP

Sofia Aguiar

São Paulo

04/08/2021 11h33Atualizada em 04/08/2021 11h35

O governo de São Paulo anunciou na manhã de hoje o lançamento de um contêiner móvel para a identificação de novas variantes da covid-19 no estado, sob demanda especial do aumento de casos da cepa delta, identificada pela primeira vez na Índia.

Segundo o governador João Doria (PSDB), o mecanismo oferece a realização do teste e a identificação da doença e da variante no mesmo dia. O contêiner com essa tecnologia é o único da América Latina.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou que o produto terá, como ponto de partida, a cidade de Aparecida, no interior do estado, entre hoje e amanhã. A região selecionada leva em conta o grande fluxo rodoviário.

Conforme explicou Covas, o contêiner faz parte de uma estratégia ampla desenvolvida desde o ano passado que consiste na realização de testes e identificação de vírus a partir de amostras.

"É um laboratório de sequenciamento completo", classificou o diretor. De acordo com Doria, a capacidade de análise é de cerca de 300 amostras por dia, com o resultado em ainda no mesmo dia.

De acordo com Dimas Covas, a rápida identificação das variantes favorece a análise da condição epidemiológica nas regiões, o que vai permitir a tomada de medidas necessárias para conter a doença.

O diretor comenta que a unidade móvel vai circular por todo o Estado com base em estudos feito pelo Butantan e pela USP (Universidade de São Paulo) sobre a necessidade de identificação de variantes.

A próxima parada, conforme anunciado pelo governo de São Paulo, deve ser a Baixada Santista por conta da chegada de navios e passageiros no Porto de Santos que podem transportar cepas.

O anúncio de controle das variantes ocorreu em coletiva de imprensa na entrega de mais 2 milhões de doses da vacina do Butantan contra a covid-19 ao PNI (Programa Nacional de Imunizações). Com o novo lote, as liberações chegam à marca de 64,8 milhões de doses fornecidas ao Ministério da Saúde.

Com a entrega dos imunizantes, o governador aproveitou e reforçou o apelo que vem fazendo à Saúde pelo cumprimento de entrega das vacinas da Pfizer e AstraZeneca. Segundo ele, o governo paulista espera a chegada dos imunizantes para que anuncie o encurtamento do período entre as doses das vacinas.

VivaBem