Topo

Moda


Moda

Jean Paul Gaultier faz desfile "selvagem" em Paris

04/07/2019 09h45

Modelos invadiram as passarelas com estampas de animais, vestidos neon e desenhos que brincavam com ilusões de ótica, tudo isso ao som de música euro dance dos anos 1990, no desfile da coleção de alta-costura de Jean Paul Gaultier nesta quarta-feira.

Gaultier -- que abraçou tendência de se livrar das peles de animais no ano passado, quando marcas como Burberry e Gucci deixaram de lado as peças feitas com peles-- evocou a vida selvagem, com estampas inspiradas em animais, incluindo um casaco de pantera e vestidos geométricos com estampas de zebra.

Em uma atmosfera quente e festiva o público --que incluiu a cantora pop americana Christina Aguilera-- aplaudiu a modelo francesa Cindy Bruna, que apareceu em um vestido anis plissado de chiffon, e Coco Rocha, em um vestido monocromático.

Entre os destaques mais notáveis estavam uma capa acolchoada de cetim verde neon, colocada na cabeça da modelo como uma barraca, colares longos e largos e enormes gorros chapka de pelo falso.

Apresentada na sede parisiense da Gaultier, a coleção incluiu vestidos pontilhados de cor que criavam uma ilusão de ótica de movimento.

O designer de moda Alber Elbaz e a atriz francesa Catherine Deneuve também assistiram ao espetáculo na primeira fileira.

Gaultier, cuja marca é de propriedade da perfumaria espanhola Puig, escolheu interromper sua linha prêt-a-porter, que normalmente representa um segmento mais lucrativo no mercado da moda, para se focar apenas na Semana de Alta-Costura, assim como em sua linha de perfumes.

A Semana de Alta-Costura, que celebra vestuários únicos e costura artesanal, ocorre até o dia 4 de julho.