PUBLICIDADE

Topo

Casamento

Aos 74, idosa se apaixona em asilo e se casa pela 1ª vez: 'Não teve jeito'

O casal se conheceu no lar de idosos e se casou no final de novembro - Reprodução/Instagram @larsaovicente
O casal se conheceu no lar de idosos e se casou no final de novembro Imagem: Reprodução/Instagram @larsaovicente

De Universa, em São Paulo

01/12/2021 13h23Atualizada em 02/12/2021 09h14

Laurene Lauretina, de 74 anos, não imaginou que fosse encontrar um grande amor ao chegar no Lar Conferência de São Vicente de Paulo, em Rio do Sul (SC), no início deste ano. Até então solteira e sem filhos, ela encontrou José Laurentino, de 80 anos, que ingressou no lar dias depois. Os dois logo começaram a se conhecer melhor e, meses depois, veio um pedido de namoro que logo virou de casamento.

Lourdes Claudino, que administra o lar há 23 anos, conta a Universa que Laurene sempre foi muito comunicativa, o que chama atenção de todos no lar. "Como ela é uma pessoa simpática, ela era bastante cortejada", revela Lourdes. O jeito de Laurene, portanto, chamou atenção de José logo no começo e o romance entre os dois cresceu rapidamente.

Laurene contou que José foi quem fez o pedido. "Eu nem esperava. De repente ele diz: 'Quer namorar comigo?". E, em seguida, ele perguntou: 'Quer casar comigo?'. Não teve jeito, agora estamos casados".

Para José, que já foi casado outras vezes e é pai de 9 filhos, fazer o pedido não foi uma tarefa difícil. Ele diz que não se sentiu nervoso e que sabia muito bem o que queria, já que o romance foi uma história de "amor à primeira vista".

"Eu não me senti de nervoso, mas ela ficou envergonhada. Ela me deu muito carinho. Foi um amor que nunca que esperei na minha vida", contou ele, a Universa. "Agora estamos andando de mãos dadas por todos os lugares".

casamento - Reprodução/Instagram @larsaovicente - Reprodução/Instagram @larsaovicente
Casamento contou com participação de familiares, funcionários e amigos
Imagem: Reprodução/Instagram @larsaovicente

A festa de casamento havia sido marcada, inicialmente, para outubro. No entanto, a administração postergou para novembro. "A gente sabe que a atração pelo outro existia desde um primeiro momento, mas era importante saber que era uma coisa séria. A nossa preocupação era que tivesse um acompanhamento e que pudéssemos ver no dia a dia se o casamento tinha realmente fundamento. Quando vimos que sim, marcamos a união", diz Lourdes.

A festa mobilizou todos do asilo: funcionários, idosos, administração e diretoria. Os padrinhos, que são os funcionários do lar, deram presentes como cama, colchão e outros objetos para que os dois pudessem montar o próprio quarto no estilo de um "mini apartamento". Foram eles que também preparam os doces, salgadinhos e o bolo da cerimônia. Além disso, a festa teve apoio da família, que contratou músicos para animar o público.

casamento - Reprodução/Instagram @larsaovicente - Reprodução/Instagram @larsaovicente
Cerimônia foi realizada em capela
Imagem: Reprodução/Instagram @larsaovicente

"Todos participaram da festa. A instituição já estava decorada para o Natal, mas recebeu ainda mais decoração para o casamento. Os idosos também ajudaram a decorar a capela. Foi algo que trouxe alegria para a rotina de todos."

Laurene diz que o quarto do casal já está organizado e que pretende viver bons momentos ao lado do marido. "A gente conversa bastante, ele é muito brincalhão, faz eu rir bastante. Eu gosto de tudo nele! Estou me sentindo ótima! Desde que a minha mãe morreu, fui uma pessoa muito sozinha, agora estou muito feliz com a companhia do meu marido. Muito mesmo."

O Lar Conferência de São Vicente de Paulo, que completou 70 anos em 2021, já realizou diversas uniões, segundo Lourdes. "A união permite que as pessoas dividam e compartilhem esses momentos da vida com outro alguém, com quem possam confiar. É como um grande recomeço nesta idade", finaliza.

Casamento