PUBLICIDADE

Topo

Relacionamentos

Após mais de um ano, casais se reencontram graças à abertura das fronteiras

Reencontro de Jessica e Lukas no aeroporto depois de um ano e cinco meses separados - arquivo pessoal
Reencontro de Jessica e Lukas no aeroporto depois de um ano e cinco meses separados Imagem: arquivo pessoal

Priscila Carvalho

Colaboração para Universa

30/09/2021 04h00

Por causa da pandemia de coronavírus, diversos casais tiveram que manter os relacionamentos à distância e sem nenhuma perspectiva de quando iriam se encontrar novamente. Em abril, Universa conversou com brasileiras que estavam passando por essa situação e não sabiam se, de fato, iriam ver os companheiros.

Passados alguns meses de saudades, a flexibilização na abertura das fronteiras pelo mundo, finalmente esses casais conseguiram se reencontrar. Voltamos a falar com Jessica e Mariana, que contam como está sendo a nova vida depois de tanto tempo. A primeira já tem planos para uma vida nova na Austrália e a segunda pensa em morar em uma casa só com o namorado. Leia os relatos abaixo:

"Passamos por um período de adaptação e ficamos mais fortes"

Jessica está morando com o namorado Lukas na Alemanha - arquivo pessoal - arquivo pessoal
Jessica está morando com o namorado Lukas na Alemanha
Imagem: arquivo pessoal

"No total ficamos um ano e cinco meses separados: eu em São Paulo, ele na Alemanha. O primeiro encontro foi no aeroporto de Frankfurt. Ele mora no interior e dirigiu quatro horas de Dülmen, sua cidade, até o aeroporto para me buscar. Quando cheguei, estava lá me esperando com um sorrisão embaixo da máscara e flores.

Eu estava muito ansiosa pelo reencontro e morrendo de saudades. Passamos uns longos minutos em um abraço infinito e maravilhoso, foi lindo e emocionante.

Nós tínhamos um certo receio de que o tempo namorando a distância tivesse mudado a nossa relação de alguma forma, mas nada mudou.

Tivemos um período de adaptação, pois de 100% de distância passamos para 14 dias sempre juntos devido à quarentena na minha chegada.

Mas depois disso tudo voltou ao normal e estamos muito felizes. Com certeza ficamos mais fortes.

Ainda não temos uma rotina estabelecida, aproveitamos muito a flexibilização na Europa por conta da vacinação e viajamos bastante, mas estamos na Alemanha atualmente. Nosso plano é voltar para a Austrália, onde nos conhecemos e moramos por um tempo. No momento, estamos aguardando a reabertura das fronteiras." Jessica Malheiro, 30 anos, está com o namorado Lukas na Alemanha

"Eu achei que ia ter estranhamentos, mas nossa relação está ótima"

Mariana Barros, 29 anos, mora em Portugal com o namorado Antonio - arquivo pessoal - arquivo pessoal
Mariana Barros, 29 anos, mora em Portugal com o namorado Antonio
Imagem: arquivo pessoal

"Hoje eu estou em Braga, Portugal, morando com meu namorado na casa dos pais dele. No total, ficamos um ano e dois meses separados. Eu tinha passagem comprada para o dia 12 de junho, porém, a TAP não deixou que eu embarcasse e infelizmente tive que comprar um outro voo para o dia 25 de junho.

O primeiro encontro foi no aeroporto e foi uma sensação bem estranha. Pensava 'será que vai dar certo', 'agora é real' e os dois ficaram muito emocionados. Pensamos 'finalmente', principalmente porque o primeiro voo não tinha dado certo.

Como ficamos muito tempo separados, sempre tem aquela preocupação de viver junto e reparar as qualidades e defeitos. Mas isso todo mundo tem. A gente saiu de um relacionamento a distância, para morar junto e descobrir as novas caraterísticas de cada um.

Eu achei que ia ter mais estranhamentos. Mas somos muito amigos e quando uma coisa não está legal, nós expomos muito para o outro. Mas posso dizer que a nossa rotina está ótima, melhor até do que a gente esperava e bem de marido e mulher. Nossa relação está cada vez mais forte e o plano é achar um lugar para morarmos só os dois. Estamos já falando sobre isso e queremos aproveitar a companhia um do outro, viajar e ficar junto." Mariana Barros, 29 anos, mora em Portugal com o namorado Antonio

Relacionamentos