PUBLICIDADE

Topo

São Longuinho, Santa Clara e mais: quais os santos convocados nas urgências

Saiba as orações para cada santo - iStock
Saiba as orações para cada santo Imagem: iStock

Claudia Dias

Colaboração para Universa

14/08/2021 04h00

"Pra baixo, todo santo ajuda", diz a expressão conhecida. Mas na hora do sufoco, só alguns santos podem salvar quem está desesperado, como garante a crendice popular. Os canonizados, no caso, já ganharam fama e caíram na boca, ou melhor, na reza do povo quando é necessário aquele "help" urgente.

Com ajuda da mística espiritualista Kelida, listamos alguns dos santos mais invocados diante de emergências. A especialista também ensina orações e até simpatias que os envolvem.

A quais santos recorrer

Santo Expedito

Não à toa, Expedito é conhecido como o santo das causas urgentes. Oficial do exército romano, por ser um religioso que se destacava, acabou sendo morto na Armênia sob ordem do imperador Diocleciano.

É invocado em diferentes situações que pedem solução urgente, no papel de intercessor junto a Deus. Mas o pedido só será atendido se for precedido pela seguinte oração:

"Meu Santo Expedito das Causas Justas e Urgentes.

Socorrei-me nesta hora de aflição e desespero,

Interceda por mim junto ao Nosso Senhor Jesus Cristo.

Vós que sois um Santo guerreiro.

Vós que sois o Santo dos aflitos.

Vós que sois o Santo dos desesperados.

Vós que sois o Santo das causas urgentes.

Protegei-me. Ajudai-me. Dai-me força, coragem e serenidade.

Atendei ao meu pedido (fazer o pedido).

Ajudai-me a superar estas horas difíceis,

Protegei-me de todos que possam me prejudicar.

Protegei minha família, atendei o meu pedido com urgência.

Devolva-me a paz e a tranquilidade.

Serei grato pelo resto de minha vida e levarei seu nome a todos que têm fé.

Santo Expedito, rogai por nós.

Amém."

"Logo após ter seu pedido atendido, realize algo como pagamento a Santo Expedito. Pode ser acender uma vela, pedir para rezar uma missa ou contribuir com alguma obra de caridade", ressalta Kelida.

São Longuinho

Quem nunca verbalizou e prometeu: "São Longuinho, São Longuinho. Se eu encontrar (o que procura), dou três pulinhos"? O santo que ajuda a localizar os mais diferentes itens perdidos ou esquecidos costuma ser convocado com bastante frequência.

Segundo a mística, a fama de recuperar objetos que sumiram está diretamente ligada à sua história pessoal. Pela baixa estatura que tinha, ele conseguia ver tudo o que se passava por baixo das mesas. Assim, encontrava diferentes pertences e sempre os devolvia para seus donos.

"Daí surgiu sua fama de bom soldado e de sempre encontrar coisas perdidas", comenta Kelida. A fama do soldado pagão Longinus passou para o convertido São Longuinho, que ajuda nos momentos em que não se vê mais alternativas para encontrar algo. "Ao localizar o que buscava, é importante dar os três pulinhos em agradecimento", avisa a espiritualista.

Santa Bárbara

Basta uma chuva mais intensa para Santa Bárbara ser invocada para proteger contra relâmpagos e trovões. Com uma história marcada pela devoção tardia a Deus, a jovem Bárbara teria sido degolada pelo próprio pai, Dióscoro, que não aceitava sua fé.

No momento da execução, um raio de luz surgiu no céu, atingindo e matando também o pai. O fato lhe rendeu a condição de protetora contra as descargas elétricas na atmosfera.

De acordo com Kelida, existe uma simpatia a ser feita para Santa Bárbara dar um basta em temporais. "Quando estiver dentro de casa, durante chuva muito forte, pegue dois garfos, cruze os dentes deles e jogue-os para o lado de fora casa, pedindo a intercessão da santa para cessar raios e trovões", ensina.

São Brás

"São Brás, São Brás, desengasga que tem mais" diziam nossas avós enquanto davam tapinhas nas costas tentando socorrer alguém. A devoção ao santo armênio, que foi um médico e sacerdote, está relacionada ao seu histórico de curas, do corpo e da alma.

A história retrata que a popularidade de São Brás começou quando ele curou uma criança engasgada com um espinho, salvando-a da morte iminente, apenas com uma oração e um sinal-da-cruz sobre sua garganta. "Assim, ele é muito procurado para melhorar qualquer mal nessa parte do corpo", comenta Kelida.

Segundo a mística, nessas horas, cabe uma pequena simpatia: pegue duas velas brancas e as cruze sobre a garganta de quem está enfermo. Diga: 'São Brás, São Brás, mal da garganta jamais. Depois, acenda as velas e as deixe queimar até o final em um prato, preferencialmente de cor branca.

Santa Clara

Cantada por Jorge Ben Jor, Santa Clara fundou a congregação Clarissas e dedicou mais de 40 anos ao cristianismo. Apesar de ser requisitada, principalmente, quando está chovendo e se deseja um belo dia de sol, ela pode ser invocada para os mais diferentes pedidos, conforme afirma Kelida.

A mística acrescenta que cabe fazer uma pequena simpatia junto à oração dedicada à santa. "Coloque uma clara de ovo em uma xícara. Acenda uma vela amarela, colocando a vela e a xícara sobre um prato", ensina. Na sequência, faça a oração:

"Santa Clara, que seguistes de perto São Francisco, na vida de pobreza e no amor ao próximo e de Deus, olhai carinhosamente para o mundo de hoje, tão necessitado de vossa proteção. Ouve o meu pedido e concedei-me a graça que vos peço, com fé e confiança. Como verdadeiro necessitado, rogo a vós que me alcance de Cristo a saúde espiritual e corporal, para mim e para meus familiares. Sobretudo, peço ajuda para o problema que me aflige (citar a necessidade). Atendei-me, Santa Clara, pela força que tendes junto a Deus e pela fé que me faz buscar a vossa proteção. Amém."