PUBLICIDADE

Topo

Rio tem uma vítima de estupro a cada 6 horas e de feminicídio a cada 4 dias

59% dos casos de estupro ou feminicídio acontecem dentro da casa das vítimas - Nino Carè/ Pixabay
59% dos casos de estupro ou feminicídio acontecem dentro da casa das vítimas Imagem: Nino Carè/ Pixabay

Mariana Gonzalez

De Universa, em São Paulo

08/04/2021 16h55

Uma mulher é estuprada a cada 6 horas na cidade do Rio de Janeiro. Uma é morta a cada menos 3,8 dias.

Esses dados foram divulgados hoje, pela Secretaria Especial de Políticas e Promoção da Mulher, da prefeitura do Rio de Janeiro, e fazem parte do projeto Mapa da Mulher Carioca, lançado hoje pela pasta.

Dados preliminares do Mapa mostram que mais da metade das ocorrências de estupro e assassinato ocorreram dentro da casa das vítimas (59%) e que, nos casos de estupro, 41% das vítimas eram meninas menores de 11 anos.

Mapa da Mulher Carioca

Segundo a prefeitura do Rio, o projeto, lançado hoje, tem como objetivo reunir dados sobre a realidade das mais de 3,6 milhões de mulheres da cidade e, com isso, criar iniciativas de combate à desigualdade de gênero.

O Mapa da Mulher Carioca é uma iniciativa da Secretaria Especial de Políticas e Promoção da Mulher, em parceria com o Instituto Pereira Passos, a Fundação João Goulart e outras nove secretarias municipais.

A promessa é que, até o final do ano, o grupo publique um estudo de dados mais detalhado, para identificar as desigualdades específicas em cada região da cidade. O relatório deve "ajudar os gestores na identificação das prioridades e necessidades das mulheres da cidade" e "contribuir para o desenvolvimento de políticas e serviços públicos mais inclusivos no enfrentamento às violências contra a mulher".