PUBLICIDADE

Topo

Direitos da mulher

#VermelhoEmBelem: batom vira símbolo contra machismo político em Portugal

 A candidata Marisa Matias, do Bloco de Esquerda. Ela concorre à presidência de Portugal - Reprodução/Instagram
A candidata Marisa Matias, do Bloco de Esquerda. Ela concorre à presidência de Portugal Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

16/01/2021 16h52

Um batom pode ser político? Michelle Obama já provou que sim. Mas, agora, a versão vermelha deste item de beleza virou símbolo de luta contra o machismo em Belém, Portugal.

Tudo começou quando o candidato à presidência do país, André Ventura, do partido Chega, fez insultos pessoais e machistas à sua opositora, Marisa Matias, do Bloco de Esquerda. Durante um comício na última quarta-feira (13), ele disse que Marisa "não está muito bem em termos de imagem", e que tem "lábios muito vermelhos", que pinta "como se fosse uma coisa de brincar".

Agora, portuguesas (e portugueses) estão publicando fotos e vídeos usando batom vermelho, com a hashtag #VermelhoEmBelem. Já participaram da campanha artistas, jornalistas e políticos — incluindo Ana Gomes, que também concorre à presidência.

No Brasil, a campanha #VermelhoEmBelém recebeu apoio de Guilherme Boulos, ex-candidato à presidência e à prefeitura de São Paulo, e de Jean Wyllys, ex-deputado federal. "Força, Marisa", escreveu Boulos.

Veja mais protestos contra as declarações de André Ventura:

Direitos da mulher