PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Paulinha Leite quer fazer inseminação artificial: 'Nunca pensei em casar'

Paulinha Leite, participante do BBB 11, nunca se imaginou casamento e tendo filhos com o marido - Reprodução/Instagram
Paulinha Leite, participante do BBB 11, nunca se imaginou casamento e tendo filhos com o marido Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

28/08/2020 10h42

Paulinha Leite, que participou da 11ª edição do Big Brother Brasil, afirmou que pretende engravidar e planeja usar o método de inseminação artificial para ter o primeiro filho.

Em entrevista à Quem, a influenciadora de 33 anos revelou que se imagina fazendo inseminação desde quando era pequena. "Sempre tive vontade de fazer inseminação artificial. Não tem nenhum motivo específico, mas sempre tive essa vontade. Minha mãe fala que, desde pequena, eu sempre quis isso", contou Paulinha.

"Nunca pensei em encontrar alguém, casar e ter um filho", declarou.

A ex-sister, que não tem o casamento nos seus planos, disse que está aberta para a possibilidade de ter um filho com o parceiro. "Não tenho vontade de casar, nunca tive e isso não faz parte dos meus planos futuros", afirmou. "Meus planos futuros incluem um filho ou uma filha. Mas pode acontecer de ter um filho com a pessoa que estou agora. Nada impede."

Autoestima

Paulinha vem mostrando em seu Instagram sua luta para emagrecer e contou à Quem que gosta de inspirar pessoas a encontrar a melhor versão de cada uma delas, desconsiderando os números na balança.

"Prego sempre que não faço apologia à magreza, faço apologia às pessoas se sentirem bem, independentemente do corpo", explicou. "[Recebo] muitas histórias lindas, de senhoras, de donas de casa, de meninas novas que têm vergonha do namorado, que têm vergonha do corpo e foram aprendendo a se amar do jeito que estão", relatou.

Ela afirmou que acredita que sua melhor versão é quando está mais magra, mas ainda se sente feliz quando não está no peso que considera ideal. "Quero [emagrecer], mas sou feliz assim também. Posso ficar mais feliz. Digo que quero a minha melhor versão e a melhor versão para mim sou eu com 60 quilos", disse.

"Mas tem pessoas que não", lembrou. "Eu tenho amigas que são gordinhas e estão na melhor versão delas, acho que cada um tem que respeitar o limite do seu corpo e respeitar aquilo que gosta e acredita."

Mães e filhos